Eleições 2010JornalismoJudiciárioMídia

É SÓ UMA TEORIA. Humoristas, no fundo, preferiam que lei os impedisse de tratar de política

Atenção, atenção, atenção: é só uma teoria. Nada além disso. E mais: é da inteira lavra deste (nem sempre) humilde repórter – que tem alguuuuns anos de estrada. No fundo, no fundo, os humoristas que batiam forte na legislação eleitoral que os impedia de falar em candidatos, preferiam que continuasse assim mesmo.

Por quê? Ora, é simples: é ótimo defender a liberdade de expressão, quando ela é suprimida. Deixa todo mundo bem com a galera. Já tendo-a disponível para usar e abusar, o que fazer com ela? É um problemaço. Estou errado? É? Estou? Pois bem, o Supremo Tribunal Federal liberou a piada. E o que estão fazendo os piadistas, agora?

Para ter uma idéia, e concordar ou não com a merreca da teoria claudemiriana, acompanhe reportagem publicada ainda na sexta-feira, na versão online da Folha de São Paulo. A reportagem é de Ivan Finotti. Confira:

Humoristas enfrentam autocensura após suspensão da lei antihumor

Uma semana depois de o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Ayres Britto ter liberado a gozação geral, ou melhor, ter suspendido a legislação que proíbe programas de fazerem piadas com os candidatos que disputarão as eleições de outubro, a censura ainda faz sombra em cima dos humoristas.

As últimas edições dos principais programas de humor da TV brasileiros – “Casseta & Planeta” (Globo), “CQC” (Band) e “Pânico” (Rede TV) – fizeram, finalmente, piadas em cima dos presidenciáveis.

“O problema é que rola um sintoma pós-traumático”, avalia Marcelo Tas, do “CQC”. “É como quando você leva uma porrada no futebol ou quebra um braço e tira o gesso. Fica com receio de bater de novo ali. Espero que isso desapareça logo. Estamos em 2010 e é muito tarde pra esse tipo de brincadeira…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo