Eleições 2010

RESCALDO. Houve deputados para com os quais as urnas foram, no mínimo, cruéis

Um grupo muito particular de deputados federais, dentre os que não se reelegeram, teve um encontro pra lá de cruel com as urnas. São exatamente 18, de vários estados do País (o Rio Grande não tem ninguém na relação) que obtiveram menos da metade dos votos alcançados quatro anos antes.

Uma parte desses 18 encontra explicação para o fracasso no fato de estar envolvida em denúncias de envolvimento indevido com dinheiro público. Outros, não. Dois exemplos, um para cada lado. O ex-comunista Augusto Carvalho (PPS), fez 79 mil votos em 2006. Agora, somou apenas 19 mil, em números redondos. Está no seu 4° mandato e nenhuma acusação. Já o peemedebista cearense Zé Gerardo, condenado pelo STF por crime de responsabilidade e barrado pela lei da Ficha Limpa fez um fiasco monumental: em vez dos 186 mil votos obtidos para o seu terceiro mandato (em vigor) logrou obter ridículos 2,2 mil. Que coisa!

Vale a pena conferir, a propósito, o levantamento foi feito pelo ótimo sítio especializado Congresso em Foco. A reportagem é de Edson Sardinha. A seguir:

Os campeões de perda de votos na Câmara

…Da glória ao mais retumbante fracasso nas urnas em apenas quatro anos. Assim pode ser definido o desempenho eleitoral de um em cada seis deputados que perderam a reeleição no último dia 3. Dos 112 deputados que fracassaram ao tentar renovar o mandato, 18 naufragaram com menos da metade da votação obtida em 2006. Seis deles passaram por constrangimento ainda maior: receberam menos de um quarto dos votos conseguidos quatro anos atrás.

De uma eleição para outra, esses 18 parlamentares perderam 1,03 milhão de votos. Só um deputado teve votação superior a essa marca este ano, o palhaço Tiririca (PR-SP), que se tornou fenômeno eleitoral ao receber 1,35 milhão de votos. Outra curiosidade: a maioria desses deputados (11, ao todo) foi reprovada nas urnas ao final do primeiro mandato…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

CONFIRA AQUI A LISTA DOS CAMPEÕES DA PERDA DE VOTOS.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo