Artigos

Aos 153 anos – por Vitor Hugo do Amaral Ferreira

Santa Maria: apaixona e encanta.

Rodeada de morros,

tem no verde a esperança

Santa Maria,

da Boca do Monte,

da Garganta,

…Maria Fumaça,

ainda em nossa lembrança

Santa Maria,

dos romeiros,

da Medianeira,

faço preces em fé

Santa Maria, Santa!

Que me guarde,

e olhe sempre por mim

Santa Maria,

do Parque Itaimbé,

das Dores à Silva Jardim

Santa Maria é coração,

é nosso norte, vento

tu és grande, és forte,

é também Acampamento.

Santa Maria da educação,

bacharéis, doutores e cientistas.

Santa cidade cultura, abençoa os artistas!

Santa Maria de tantos momentos,

é brava pela força de guerreiros…

cidade militar, do céu e da terra.

Santa Maria,

muito mais da paz,

do que da guerra.

Santa Maria da tertúlia,

Maria que dança, ao passo de marca.

Santa que canta, feito guria.

Santa Maria,

quem daqui vai embora,

ao sair, deixa aqui a alegria.

O coração chora as saudades.

Santa Maria,

faz por mim o meu futuro,

faço por de ti o teu presente.

Aos 153 anos: felicidades hoje e sempre.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo