ECONOMIA SOLIDÁRIA (13). Antes mesmo da abertura, já há atividades na Feicoop

ECONOMIA SOLIDÁRIA (13). Antes mesmo da abertura, já há atividades na Feicoop - eco-solidária

Abertura oficial é às 4 da tarde, com o governador. Mas feira já começou, na prática

Nas primeiras horas de feira, muito trabalho

POR Maiquel Rosauro (texto e foto)

ECONOMIA SOLIDÁRIA (13). Antes mesmo da abertura, já há atividades na Feicoop - selo-feicoop7O sol ainda nem havia nascido em Santa Maria, mas já era grande a movimentação em torno do Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter. A 7ª Feira de Economia Solidária do Mercosul e a 18ª Feira Estadual do Cooperativismo (Feicoop) começaram com filas de credenciamento de expositores e com a montagem dos estandes.

Quem acordou cedo, já está comercializando. É o caso do artista Joaquim Prado, que veio de Osasco, São Paulo. O único empecilho que ele encontrou por enquanto é o frio. De manhã cedo, o termômetro registrava 1ºC no município. Já neste momento, faz 5ºC na feira.

– Está frio, mas por enquanto dá para aguentar. Só espero que o frio não piore – argumenta Prado.

Já as amigas artesãs que vieram da região metropolitana de Porto Alegre, Adélia Bento da Rosa e Ameci Cacerda, já estão acostumadas com as baixas temperaturas do Estado e esperam vender bem na feira.

– Esta é a primeira vez que participamos, tenho certeza que vai ser um bom evento – relata Adélia.

Os seminários que estavam previstos para iniciar às 9h, sofreram um pequeno atraso. Iniciou há pouco a “Audiência Pública: A Agroindústria Familiar no Rio Grande do Sul”, no Lonão América Latina, e o “Encontro de Educadores da Economia Solidária”, no auditório da Escola Irmão José Otão.

Paralelo a Feira de Economia Solidária do Mercosul e 18ª Feicoop, ocorre a 11ª Mostra da Biodiversidade e Feira de Agricultura Familiar; 7º Seminário Latino Americano de Economia Solidária; 7ª Caminhada Internacional e Ecumênica pela Paz e 7º Levante da Juventude. Os eventos ocorrem até domingo.

OBSERVAÇÃO: Maiquel Rosauro é da assessoria de imprensa do evento.

SIGA O SITÍO NO TWITTER



1 comentário

  1. Ildo callegari

    Claudemir, não deixe de experimentar um peixe(anchova) na taquara que os pescadores artesanais de Rio Grande estão vendendo lá no final da praça de alimentação ,bem perto do palco.
    Preço:10,00 reais por unidade
    Dá para levar para casa assado ao preço de 10,00 reais ou congeldo ao preço de 8,00 reias a unidade.
    Desculpe a propaganda mas é para ajudar os amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *