EconomiaMundoPolíticaPrefeitura

NA EUROPA. Festejando vinda da Aclima, missão santa-mariense agora vai a Valência

A Aclima/Brasil terá um escritório em Santa Maria. Esse foi o principal resultado objetivo da primeira semana da missão oficial de Santa Maria na Europa. No país basco, as reuniões da segunda e terça-feira acabaram redundando em final feliz para os objetivos traçados pelo comandante da comitiva, o prefeito Cezar Schirmer.

Há uma semana, reunião com empresários da Aclima: final feliz nas tratativas

A ideia, claro, é bem mais ambiciosa: transformar a boca do monte em porta de entrada dos produtores bascos na America Latina. É. Pode ser. Tomara que seja. De todo modo, o obtido já é digno das comemorações, a partir do resultado anunciado nesta sexta-feira.

Agora, é a segunda parte da missão, que será desenvolvida também em Portugal – e já sem o grupo de empresários e da vereadora Maria de Lourdes Castro, que chegaram a Santa Maria neste final de semana.

Antes, porém, da visita ao território luso, há contatos, nos primeiros dias da semana, em Valência, ainda na Espanha. E é sobre esses encontros, e o que se espera deles, o material produzido e distribuído pela Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura. O texto é de Fabrício Minussi. Acompanhe:

Missão de SM vai a Valência, na Espanha. Agenda é com a maior associação de cooperativas de cítricos do país

Após uma semana no País Basco, com ações de prospecção voltadas à atração de indústrias a missão santa-mariense, agora formada pelo prefeito Cezar Schirmer, o secretário de Município de Relações de Governo e Comunicação, Giovani Manica, o diretor de Gabinete, Rogério de Assis Brasil e o superintendente da Agência de Desenvolvimento (ADESM), Diogo De Gregori, sai de Bilbao para Valência, na Espanha, onde nesta segunda-feira (30), inicia uma série de agendas com representantes de grandes empresas ligada à citricultura. A comitiva estará apresentando e oferecendo a cidade aos investidores espanhóis, que buscam novos mercados para diversificar suas atividades.

 “Estamos inserindo Santa Maria nesse contexto. A cidade possui clima e solo favoráveis à produção de cítricos, incentivos e programas específicos para que o setor possa se desenvolver, gerar emprego, renda, diversificando a produção nos distritos e fortalecendo a economia da cidade”, disse o prefeito.

Nesta segunda-feira o encontro será com os diretores da Associação de Cooperativas Espanholas (Anecoop), Paco Borras e Nacho Juarez. Valência é a maior produtora de cítricos da Espanha e a Anecoop reúne o maior número de cooperativas do país. “Será uma ótima oportunidade para apresentarmos a cidade e esperamos estreitar bons laços durante esse encontro”, disse o prefeito.

Na terça-feira, a agenda será com a diretoria da Empresa Bollo, também do ramo de cítricos. No meio da semana a missão santa-mariense segue para Portugal, onde em Lisboa tem agendas marcadas com investidores do ramo de hortaliças. “Também oferecemos boas condições para recebermos investimentos nesse setor, incentivos e programas”, comentou o prefeito.

Schirmer salienta que a Prefeitura vem trabalhando e estabelecendo contatos com produtores de cítricos e hortaliças da região, pensando no estabelecimento de possíveis parcerias que possam trazer benefícios e incentivar a produção na cidade.

“Foi assim com a vinda da Aclima, do Páis Basco, que está se instalando em Santa Maria já a partir do mês de março, com a presença na cidade  de uma comitiva liderada pelo presidente do cluster que reúne 98 empresas e indústrias com produção voltada ao meio ambiente e processos sustentáveis, o senhor  Juan Luis Moragues. Vamos continuar na mesma linha, apresentando as potencialidades e oferecendo a cidade aos investidores,”, concluiu Schirmer.”

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo