ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. E, enfim, o PMDB santa-mariense não precisou ‘escalar o Maciel’

Não custa lembrar

Em 26 de maio de 2007:

 “Uma fonte ligada ao chamado grupo mais histórico do PMDB, que se considera relegado pela direção local desde a última convenção, confrontado com as informações colocadas nas notas ao lado, ficou preocupado. E chegou a fazer uma previsão: “se não conquistarmos o apoio do Farret, melhor será escalar o Maciel”.

Traduzindo: com o estreitamento das possibilidades de aliança, a quase ano e meio do pleito, tem gente no PMDB advogando que Cezar Schirmer não concorra, e que se coloque o “regra três”; no caso, o vereador João Carlos Maciel.  Isto na hipótese de não conquistar, para uma aliança convincente, o PP e, com ele, José Farret…”

Hoje:

Já se foram exatos cinco anos. E, como se sabe, o PMDB santa-mariense conseguiu convencer o Partido Progressista e, sobretudo, José Farret. Mais que isso, também conquistou a adesão de Jorge Pozzobom, então uma estrela ascendente no tucanato da boca do monte. Como resultado, venceu fácil o pleito de 2008, não precisando usar o “regra três”.

Agora, porém, o problema é outro. Farret, a contragosto (não, não precisam confirmar) de uns e outros, virou uma obrigatoriedade como vice. Sem chance de uma alternativa. Ah, e o que apenas secundário virou deputado estadual e… adversário. Sim, é de Pozzobom que se escreve. Agora, bem, agora…

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo