CongressoJudiciárioPolítica

EFEITO CASCATA. É a preocupação, com reajuste – que vêm aí – dos ministros do STF

Pela responsabilidade que têm, como guardiões da Constituição Federal, o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal não chega a ser estapafúrdio – conforme a posição majoritária das pessoas com as quais o editor conversou, desde que soube do avanço na tramitação da proposta, no Congresso.

Os 11 ministros devem receber algo como R$ 32,1 mil, retroativos a janeiro deste ano, assim que o projeto passar por Senado e Câmara dos Deputados. O problema não seria este, mas o fato de o salário deles ser parâmetro para o Judiciário, o Ministério Público e, mais adiante, também para servidores de todos os quadrantes.

É uma conseqüência e tanto, criando uma despesa adicional que, não é difícil entender, muitos não poderão arcar. Mas, o que é isso, meeeesmo? Saiba lendo o material publicado no Espaço Vital, sítio especializado em questões jurídicas. A seguir:

Salários mais altos para a magistratura

O reajuste salarial pleiteado pela magistratura desde 2010 começa a sair do papel. A Comissão de Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou anteontem (quarta, dia 9) aumento de 20,3% para os vencimentos dos ministros do STF.

Com isso, o teto do funcionalismo subirá de R$ 26.723,13 para R$ 32.147,90, o que desencadeará reajustes em cascata para os magistrados de todos os tribunais, que têm o salário vinculado a um percentual do valor recebido pelo ministro do Supremo.

A comissão também aprovou proposta com o mesmo valor de subsídio para o procurador-geral da União, que resultará em aumento também de 20,3% para os demais membros do Ministério Público da União…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo