Santa MariaTragédia

TRAGÉDIA. Enfim, uma boa notícia: cai o número de vítimas hospitalizadas. De 143 para 134, em 12 horas

É verdade, como disse o coordenador da Frente Nacional do SUS, o medico Néio Lucio Fraga Pereira, que ainda é preocupante o quadro, especialmente porque o número de pacientes em estado crítico, e com risco de morte. E eles permanecem em 75. No entanto, a equipe que trabalha para ajudar as vítimas da tragédia da boate Kiss, na madrugada de domingo, mostra-se bem mais animada.

Afinal, num espaço de 12 horas, entre as 7 da manhã e às 7 da noite desta quarta-feira, o número de pacientes internados nos hospitais baixou de 143 para 134. Não é, claro, uma questão aritmética. Houve mais altas que baixas, no entanto. E isso deixa o pessoal bem faceiro, como este editor pode constatar na entrevista coletiva concedida por Pereira, na companhia de Ilse Mello, coordenadora regional de saúde, no saguão da policlínica Provedor Wilson Aita, no Hospital de Caridade.

Ali, aliás, no HC, se concentra o maior número de internados em Santa Maria, 43. No total, são 72 hospitalizados na boca do monte – os demais nos hospitais Universitário e São Francisco. Completam os números os 57 internados em hospitais de Porto Alegre, três em Canoas e um em Caxias do Sul e Ijuí.

O quadro permanence muito grave. No entanto, não custa nada sorrir um pouco, quando se pensa que já foi muito pior e, especialmente, que se contabilizam, até aqui, 235 mortos. Na manhã desta quinta, em torno de 11 horas, anuncia-se um novo boletim atualizado. Quem sabe com novas boas notícias.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo