NÃO CUSTA LEMBRAR. Controverso Código Florestal

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 14 de fevereiro de 2011, segunda:

CAMPO. Ruralistas querem votar logo o Código Florestal para garantir financiamento

Lideranças ruralistas devem manter a movimentação para apressar a votação de mudanças do Código Florestal. A bancada quer votar o relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) o mais rápido possível, a tempo de evitar as restrições de financiamento rural, que entram em vigor em junho.

Essa semana, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) associou a revisão do código à inflação de alimentos e alertou para o risco de alta nos preços se os produtores não tiverem acesso a financiamento por causa de pendências ambientais.

A partir de 12 de junho, o Banco do Brasil não vai mais emprestar dinheiro para produtores que não apresentarem a averbação da reserva legal (registro em cartório) ou aderirem ao Programa Mais Ambiente, criado pelo governo para regularização ambiental de propriedades rurais…” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                      

PASSADOS EXATAMENTE DOIS ANOS da publicação da nota, a aprovação do Código, e os vetos apostos por Dilma Rousseff, ainda demoraria um ano. E, até hoje, a discussão prossegue no âmbito do Congresso – embora já tenha virado lei e provoque efeitos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *