CidadaniaPolítica

O POP, HOJE. Vitor Hugo do Amaral Ferreira recorda os “Engenheiros…” E faz uma analogia beeem atual

“…A indecência é tanta que já não agride mais. Fato! Pois para mim, o ativismo digital, os discursos de redes sociais precisam muito mais propriedade. Revolta virtual mostra apenas o descontentamento. Pergunto? E na prática? Há ausência de um chamado, talvez também falte um líder. Eu quero mais do que discurso no facebook!

Salve os Engenheiros, cantaram para uma geração, a mesma geração coca cola que ouviu Legião Urbana cantar que nascemos programados a receber o que vocês nos empurraram com os enlatados. Bravejavam: somos os filhos da revolução, somos burgueses sem religião, somos o futuro da nação.

E aqui estamos todo mundo tá relendo o que nunca foi lido; tá na capa da revista; é qualquer nota; uma nota preta (…) É um alvo, ninguém tá salvo. Um disparo. Um estouro! Cansei! O mundo para diante do conclave, as pessoas abancam-se frente às televisões e aguardam a escolha do líder, do anjo, o paredão. Chamamos Chaves de ditador, e este leva multidões às ruas, choram, tristes……”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo “O papa é pop”, de Vitor Hugo do Amaral Ferreira, colaborador semanal deste sítio. Advogado formado em Direito pela Unifra, com especialização (na área de Violência Doméstica contra Criança e Adolescente)  na USP e  mestrado em Integração Latino-Americana, Amaral Ferreira é também, entre outras atividades, coordenador do Procon/Santa Maria.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo