AssembleiaCâmara de VereadoresCongressoEducaçãoEleições 2014EstadoPolíticaPrefeituraSanta MariaTrabalhoTragédia

LUNETA ELETRÔNICA. O pai de Jader, os docentes em movimento, frente tradicionalista, novos partidos…

* Seria o caso de usar o dito popular: “fulano tem a quem puxar”. O caso, aqui, é de filho (Jader Marques) e pai (Braulio Marques). Ambos ganhando notoriedade em Santa Maria.

* Jader, que tem feito, por conta de seu trabalho, várias aparições midiáticas desde o início das investigações da tragédia de 27de janeiro, é o advogado de um dos réus, Elisandro Spohr, sócio da boate Kiss.

* Bráulio, ex-desembargador (e também deputado estadual por um período), foi contratado para representar o padre e escritor Lauro Trevisan.

padre lauro selo* Na tarde passada, aliás, entrevistado, Braulio Marques disse o que haveria de ser o maior destaque no NOTICIÁRIO do depoimento de Trevisan: os trechos do livro (veja ilustração ao lado) que causaram polêmica – e reação das famílias das vítimas – foi fruto de “diz-que-diz”.

* Mais uma Frente Parlamentar está em vias de ser criada na Câmara de Vereadores. Agora,é uma em defesa do tradicionalismo. Sua proponente é Marta Zanella, do PMDB.

* Ah, na sessão desta terça, segundo o Boletim Legislativo 18/2013,vai a votação a proposta de Luciano Guerra, que quer uma frente “em favor dos distritos”.

* Vamos combinar: daqui a pouco haverá mais “Frentes” do que partidos, no legislativo da comuna. Mas, já que estes não tomam mesmo jeito…

* Na sessão inicial da semana, de todo modo, o principal deve ser, mais uma vez, a Tribuna Livre. Nela falarão representantes do Sindicato dos Professores Municipais.

* A categoria, que realiza VIGÍLIA de três dias (além de outras ações, como o boicote de atividades da Prefeitura), quer a atualização do Piso Nacional, retroativa a janeiro.

* Acrescente-se: não apenas os docentes municipais estão em campanha. Também o magistério estadual se movimenta em busca do piso da categoria.

* O CPERS-Sindicato anuncia a adesão (a conferir) de 90% das 108 escolas da rede estadual em Santa Maria, à paralisação nacional de três dias, iniciando nesta terça.

* Na Assembleia Legislativa, há nove MATÉRIAS em condições de ser votadas nesta semana, pelos parlamentares. Três delas têm prioridade, pois trancam a pauta. Todas de origem no Executivo.

* Os projetos (PL 51 2013PL 52 2013 PL 53 2013) tratam de reajuste de vencimentos básicos do Quadro Especial, do quadro da Fepagro e dos servidores do Irga.

* A decisão sobre quantas e quais propostas serão votadas sai da reunião dos líderes partidários com a Mesa Diretora, no final da manhã desta terça-feira.

* Iniciou nesta segunda e vai até sexta mais uma (a 4ª) Semana Municipal de Conscientização sobre o Ruído. O evento é promovido pela Câmara de Vereadores.

* Nesta terça, por exemplo, entre as atividades previstas (para saber todas, clique AQUI), há uma blitz informativa, com a distribuição de material, no cruzamento da avenida Dores com a Fernando Ferrari.

* Enquanto isso, a Câmara dos Deputados deve terminar, nesta terça a votação deprojeto que cria RESTRIÇÕES a novos partidos.

* Aprovado o texto-base na semana passada, ainda precisam ser apreciadas propostas de mudanças ao texto feitas por siglas contrárias ao projeto. Depois, o projeto irá para o Senado.

* Aliás, também na Câmara, merece destaque a PROVÁVEL votação, nesta semana, pela Comissão de Constituição e Justiça, da lei sobre a Meia Entrada para jovens e idosos

* O texto, de autoria dos ex-senadores Eduardo Azeredo (PSDB-MG) e Flavio Arns (PSDB-PR), prevê a concessão da meia-entrada fique limitada a 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento.

* Em Santa Maria, ASSUME nesta terça, a nova diretoria da Associação dos Jovens Empresários (Ajesm). O presidente, reeleito, é Andrei Nunes.

* Na posse, a entidade pretende também apresentar nova campanha motivacional para a cidade: “Santa Maria, juntos seguiremos em frente”. Em tempo: o dirigente principal da AJESM também é cargo de confiança na Prefeitura.

* Terminou o plebiscito das entidades representativas de docentes e servidores da UFSM, que pretende pressinar o governo contra a Empresa Gestora dos hospitais universitários.

* Conforme REPORTAGEM da assessoria de imprensa da Seção Sindical dos Docentes, “de um total de 1.814 votantes, 1764 disseram ‘Não’ à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares na UFSM”, já criada e em fase de instalação.

* O resultado do plebiscito, que ocorreu entre os dias 10 e 20, foi apurado nesta segunda. Do total de votos, só 31 foram favoráveis à vinda da Empresa. Os brancos foram 19.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Bah! O Padre conseguiu contratar como advogado o PAI do Kiko!
    Tudo em familia, contratados e contratantes.
    Contratados advogados, pai e filho.
    Contratantes “empresários” que nao respeitam as familias santamarienses.

    Na “balada ” celestial…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo