Eleições 2012Política

NÃO CUSTA LEMBRAR. Pozzobom ainda negaceava

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 2 de abril de 2012, segunda:

ELEIÇÕES 2012. Schirmer segue seu jogo. PT mostra força da militância. Falta Pozzobom

Com todo o respeito aos que militam na, como chama o editor, esquerda-esquerda, sem Sandra Feltrin, impossibilitada de concorrer, qualquer nome que seja apresentado (e um, com certeza, será), ela será irrelevante, no processo eleitoral de 2012. Ponto.

Dito isto, os olhos se voltam aos protagonistas. E, exceto um, os demais já apresentam os primeiros sinais do que vêm por aí, especialmente a partir de julho, quando começa oficialmente a campanha. Cezar Schirmer (PMDB),Helen Cabral (PT) e Jorge Pozzobom (PSDB). Eles, os candidatos, e seus partidos, é que vão comandar o campeonato que tem sua final no 7 de outubro, domingo

Mas, e hoje, o que é possível dizer acerca dos movimentos desse trio (e suas agremiações)? Incrivelmente, o que parecia inerme, de repente, começou a se movimentar e, portanto, se colocar em posição de disputar o pleito. Aparentemente...” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUEAQUI                                 

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, ainda faltavam dois meses para o início das convenções. E só o tucano se recusava a dizer o que pretendia – embora todos soubessem. Já Schirmer, obviamente, não tinha por que confirmar o que o mundo sabia. E o PT, bem, o partido já estava pronto. E em campanha.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo