EconomiaJudiciárioNegóciosPolítica

EPA, OPA! Ford condenada a indenizar o Estado. Terá que pagar R$ 160 milhões, decide a Justiça gaúcha

A Ford foi embora pra Bahia, e até hoje o então governador Olívio Dutra é acusado, por seus opositores. Bem, questão política a parte, o fato é que a multinacional foi, mas depois de ter recebido um bom troco de todos os gaúchos. É o que decidiu, em primeira instância, a Justiça do Estado.

Quer saber mais detalhes? Acompanhe o texto de Giane Guerra, publicado agora há pouco no blogue “Acerto de Contas”, do portal da RBS (curiosamente, uma das maiores acusadoras de Olívio). A seguir:

Ford é condenada a ressarcir Rio Grande do Sul em R$ 160 milhões

A Ford foi condenada a ressarcir o Estado do Rio Grande do Sul em R$ 160 milhões. A decisão é da 5ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre. O valor se refere a investimentos realizados para a implantação de uma fábrica da empresa em 1998, em Guaíba. Na época, a montadora recebeu recursos para o início das obras. No entanto, desistiu do negócio, alegando falta de pagamento por parte do governo que assumia em 1999.

Em 1998, a Ford assinou contrato para instalar a fábrica, quando também contratou um financiamento com o Banrisul. Seriam R$ 210 milhões liberados aos poucos. No entanto, após o pagamento da primeira parcela, a Ford se retirou do negócio com o argumento do atraso da segunda parcela. Também alegou motivos de ordem política com o novo governo.

Segundo o processo, movido pelo Governo do Estado, o negócio trouxe prejuízos ao erário público. Na época, houve, inclusive, a CPI da Ford, que constatou que deveria haver restituição do dinheiro…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. Atirei um pau no ga_tôtô, mas o ga_tôtô, não morreu_rreu_rreu, dona dillmá_má, adillmirou_se_se, e povô, e o povô, acreditou… Miaauu no borsô nossô…

  2. A poucos dias vi publicações dizendo que seria de 800 milhões! 160 é praticamente só o valor do empréstimo corrigido! (NOTA DO SÍTIO – este é o valor originário. Com as correções, a tendência é que passe dos R$ 800 milhões, hoje)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo