Câmara de VereadoresPrefeituraSaúdeTrabalho

SAÚDE. Prefeitura envia projeto à Câmara. Aprovado, IPE poderá ser contratado para atender aos servidores

É o primeiro passo da Prefeitura, com vista a resolver a questão de atendimento à saúde dos servidores municipais – depois que o ISAM rescindiu unilateralmente o contrato que assinou após vencer licitação, e da contratação, em caráter emergencial, da Unimed. Aliás, amanhã, os municipários têm reunião para receber mais explicações.

Mas o que significa, afinal de contas, o projeto que foi para o Legislativo? Confira no material produzido e distribuído pela Assessoria de Imprensa do Gabinete do Prefeito. O texto é de Luiz Otávio Prates. A seguir:

Prefeito envia Projeto de Lei à Câmara que autoriza a contratação do IPE para serviços de saúde

O prefeito Cezar Schirmer encaminhou à Câmara de Vereadores, na tarde desta quarta-feira (25), o Projeto de Lei que autoriza o Executivo a firmar contrato com o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPERGS) para a prestação de serviços de assistência médico-hospitalar e laboratorial aos servidores municipais. “Estamos buscando alternativas consistentes para garantir a tranquilidade e a segurança dos nossos colaboradores no que diz respeito às questões de saúde”, explicou o chefe do Executivo.

Atualmente o benefício é concedido aos servidores através de plano de saúde privado, contratado pelo Instituto de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Municipais de Santa Maria (IPASSP-SM). A intenção, com esta autorização por parte do Poder Legislativo, é verificar a possibilidade de firmar o contrato com o IPERGS. O Projeto de Lei ainda deve passar pela apreciação pelos parlamentares.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

6 Comentários

  1. Aburdo: A administração municipal anunciando que a intermediação com o IPE é dela,o que não é verdade, a única coisa que administração municipal está fazendo com isso,foi afastar a “possibilidade” de vir o IPE, pois as tratativas eram dos servidores na figura do seu representante Renato Costa, com a ajuda da diretoria Denise Richter Kersten, Maria Do Carmo Quagliato, Sandra, Brasil, Cilon Regis Correa,, junto ao deputado lider da bancada do RS dep Valdeci Oliveira . Quem luta por trabalhadores é trabalhador não é “patrão”.

  2. Serão 5800 usuários a mais no IPE. Será disponibilizada um maior número de consultas? mais médicos? ou continuará como está?

  3. Obrigada Prefeito Schirmer! Tinha certeza que o Sr não nos deixaria mal. Sei quanto o Sr se preocupa como servidor municipal, tanto que durante seu governo os salários nunca atrasaram e os professores municipais receberam o piso, que lhes é de direito, enquanto que o Gov Tarso nada! Pelo que fui informada, o próprio Prefeito entrou em contato diretamente com a direção do IPE para viabilizar esta possibilidade.

  4. É vista uma POSSIBILIDADE de intermediação, esse foi o pedido do Sindicato dos Municiparios devido instabilidade da situação, em que houve ruptura do ISAM, os valores altos cobrados pela UNIMED que impossibilita 80% dos usuários servidores a aderir, o que os levariam a planos ( Bradesco,Cauzzo) o PRESIDENTE Renato Costa, se desdobra em uma solução boa para todos os servidores. Por isso, recorre, tanto ao governo municipal, ao IPASSP e ao governo estadual para levar a CATEGORIA uma escolha!!!!! POr que a situação não é boa, muitos servidores estão desesperados, GESTANTES, PACIENTES ONCOLÓGICOS ETC…..

  5. E os “clientes” atuais do IPE?
    Ja anda dificil marcar consultas, o que vai acontecer com estes novos clientes?
    O IPE vai aumentar o número d médicos?
    Dias difíceis virão…

  6. O Sindicato dos Municipários de Santa Maria, esteve reunido na manhã de segunda feira dia 23/09 com o Deputado Valdeci Oliveira, onde discutimos a questão do plano de saúde dos servidores municipais. O Deputado salientou sua preocupação e se disponibilizou para ser o intermediário entre o Sindicato dos Municipários e a direção do IPE para que juntos possamos trabalhar na possibilidade de fechar o convenio entre Santa Maria e o IPE Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo