AssembleiaCidadaniaPolítica

CIDADANIA. Frente Parlamentar gaúcha contra o racismo será instalada nesta semana, na Assembleia

Tarso recebeu o convite de Valdeci: ideia é unir todos os gauchos contra o preconceito
Tarso recebeu o convite de Valdeci: ideia é unir todos os gauchos contra o preconceito

Contra qualquer tipo de discriminação. O racismo é o mais em evidência, inclusive por conta do episódio ocorrido com o árbitro de futebol Márcio Chagas. No entanto, a homofobia também é algo gravíssimo e inaceitável e ocorre no território gaúcho – inclusive perpetrada por parlamentares, como se viu beeem recentemente.

Desta forma, é importante o que acontecerá na quarta-feira, no salão Júlio de Castilhos, do Palácio Farroupilha, na capital. Quem traz mais detalhes é a assessoria de imprensa do deputado Valdeci Oliveira, autor da ideia da criação da Frente Parlamentar que combate tudo isso.

O deputado, a propósito, buscou também o apoio do governador. Na noite de sábado, na festa de aniversário de Tarso Genro, Valdeci entregou-lhe o convite para o lançamento, o que fez também ao senador Paulo Paim e à ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário. O texto e a foto são de Tiago Machado. A seguir:

Frente Parlamentar contra o Racismo será lançada na quarta-feira

A Assembleia Legislativa criará, na próxima semana, um novo espaço de enfrentamento ao preconceito no Rio Grande do Sul. Na quarta-feira (19), às 10h 30min, no Salão Júlio de Castilhos do Palácio Farroupilha, em Porto Alegre, está confirmado o lançamento da Frente Parlamentar contra o Racismo, a Homofobia e outras formas de discriminação. Coordenada pelo deputado Valdeci Oliveira (PT), a Frente vai promover ações de enfrentamento e repúdio às manifestações e ações que estimulem o preconceito e a violência.

A Frente trabalhará em parceria direta com a Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), presidida pelo deputado Jeferson Fernandes (PT), movimentos sociais e órgãos e entidades que atuam na área da promoção da igualdade . “Queremos engajar todas as instituições, grupos, e pessoas que lutam contra a segregação. Será um trabalho pluri e suprapartidário. O racismo, a homofobia e o preconceito têm de ser enfrentados de forma vigorosa e explícita e sempre com a reafirmação da democracia e do princípio da equidade ”, afirma.

Após o lançamento da Frente, que deverá contar com a presença de diversas autoridades e militantes da área dos direitos humanos e da inclusão social, será discutido um cronograma de atividades para o ano. “O Rio Grande do Sul tem de se tornar um exemplo nacional nessa luta”, assinala Valdeci.”  

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo