LUNETA ELETRÔNICA. Duas semanas, vai faltar dia, assembleia docente, contra racismo, Pozzobom e CPI

* Nervosismo (negado publicamente) no PMDB de Santa Maria. Afinal, faltam só duas semanas (nem isso, na verdade) para o prazo fatal e ainda ninguém sabe se Tubias Calil vai se desincompatibilizar.

* Se isso não ocorrer até 5 de abril, ele não poderá ser candidato à Assembleia. Palpite claudemiriano: Calil não só concorre como, no seu lugar, vai o secretário adjunto, Alexandre Brasil.

* Do jeito que a coisa vai, faltará dia do ano para virar homenagem em Santa Maria. Nesta semana mais quatro categorias terão o seu, na gloriosa boca do monte.

* É isso mesmo, após a primeira discussão, nesta terça, serão aprovados quinta, pela Câmara de Vereadores, os dias do Gari, do Salva-Vidas, do Serralheiro e do Biólogo. Os três primeiros iniciativa do petista Daniel Diniz, o último, da peemedebista Marha Zanella.

* Como a coisa está assim, se tua profissão não foi devidamente lembrada, dá uma passadinha no Legislativo que, com certeza, haverá abrigo para tua ideia.

* A propósito, tirando essa primeira discussão (que passará batida, pode apostar), nada há mais para ser votado no parlamento da comuna na reunião desta terça, deduz-se da Ordem do Dia que consta no Boletim Legislativo 09/2014.

* Ah, digna de nota, no BL, há a notícia de que o vereador Marcelo Bisogno, do PDT, apresentou um projeto sugestão ao Executivo, para criar a Pista de Eventos Públicos.

* Como se sabe, a ideia do parlamentar é que este local, a ser implantado pela Prefeitura, se a sugestão for aceita, sediaria, entre outras atividades, o carnaval de rua.

* Será na tarde desta terça, a partir das 4, no auditório Sérgio Pires, no campus, a reabertura da assembleia geral permanente dos docentes da UFSM.

* Convocado pela Seção Sindical da categoria, o ponto único da pauta é a avaliação sobre indicativo de greve dos docentes, atendendo ao calendário de mobilização nacional.

LUNETA ELETRÔNICA. Duas semanas, vai faltar dia, assembleia docente, contra racismo, Pozzobom e CPI - luneta-valdeci

Frente foi lançada na última quarta-feira, na Assembleia Legislativa (foto Gabriela Freitas)

* Será às 10 da manhã desta quarta, na Assembleia, a primeira reunião de trabalho da Frente Parlamentar contra o Racismo, a Homofobia e outras formas de Discriminação.

* Conforme o coordenador da Frente, o deputado Valdeci Oliveira, o objetivo é reunir os movimentos, entidades e instituições engajadas na Frente para discutir e elaborar um plano de trabalho e eixos de atuação.

* “Coletivamente vamos definir um calendário e dar início formal às atividades. Pelo que vimos no lançamento, vamos contar com engajamento bastante amplo”, diz o deputado.

* As atividades da Frente contarão com o apoio permanente da equipe da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia. A reunião desta quarta ocorrerá na Sala Salzano Vieira da Cunha do Parlamento Gaúcho.

* Na segunda reunião da CPI da Energia Elétrica, ocorrida nesta segunda, na Assembleia, nenhum dos 29 requerimentos da pauta foi analisado ou votado pelos deputados.

* Isso porque Ciro Simoni, Nelsinho Metalúrgico e Raul Pont retiraram o quórum por não concordarem com o andamento dos trabalhos da CPI enquanto não estiver resolvido o impasse em torno da escolha do relator.

* A questão toda acabará sendo definida pela Comissão de Constituição e Justiça do parlamento, dada a disputa pelo cargo, entre governo e oposição.

* Com ou sem decisão, o deputado Jorge Pozzobom, que participou da reunião da CPI, defende que nelas sejam ouvidos representantes das entidades ligadas ao meio rural. Especialmente as vinculadas ao agronegócio, como Farsul e Federarroz.

* “Todos nos sabemos, disse o tucano, que o alimento produzido no campo também gera emprego e renda.”

* E continua: “precisamos que os produtores e envolvidos na cadeia produtiva nos orientem na grave crise do apagão da energia elétrica que o campo e a cidade têm enfrentado no RS e que, sem sombra de dúvida, afeta o agronegócio”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *