Santa MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. Kiss e “bombas” desarmadas

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 6 de maio de 2013, segunda:

CPI DA KIS. As “bombas” que a bancada governista terá que desarmar: convocação de Schirmer na lista

… Não, definitivamente, não estava no “script”. Mas, já que aconteceu, o elenco (integrantes da comissão) e seus diretores (a bancada governista como um todo) terão que enfrentar. A CPI da Kiss tem reunião agendada para a próxima quinta-feira, dia 9. E não há indícios de sossego da plateia – especialmente os familiares das vítimas e sobreviventes da tragédia.

Pela internet já estão sendo feitas convocações para lotar o parlamento. Não se imagina, claro, depois do fiasco de uma reunião secreta lá no início dos trabalhos, que os edis ousarão fazer o mesmo agora. Isto é, a presença do público será garantida. E o que há de “bombas” a desarmar?

As principais são duas. 1) o que fazer com a sugestão da Associação dos Familiares para convidar o prefeito Cezar Schirmer a depor; 2) e aceitar ou não a presença de, pelo menos, Elissandro Spohr, o Kiko, um dos réus e que se DISPÕE a depor…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                                     

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, pelo resultado (óbvio e antecipado, aliás) da CPI da Kiss, já se sabe que, não obstante problemas de percurso, como fitas assombradas e outros quetais, as “bombas” foram todas desarmadas. Mesmo.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo