ColunaObservatório

OBSERVATÓRIO. Câmara é mais legalista que a lei

Todos quietos, por aqui. Exagero muito além do que manda a lei (foto Renata Grzegorek/AICV)
Todos quietos, por aqui. Exagero muito além do que manda a lei (foto Renata Grzegorek/AICV)

A Câmara de Vereadores da boca do monte decidiu, a exemplo do que já aconteceu em eleições anteriores, não transmitir, pela TV do parlamento, os pronunciamentos dos edis, no período eleitoral. Até aí, tudo ok. Afinal, o risco de descumprir a legislação eleitoral é, de fato, real. E um deslize poderia acarretar prejuízos para os candidatos (e eles são vários, de partidos diversos) e ao próprio Legislativo.

O estranho, vamos dizer assim, é que nem mesmo o registro escrito das manifestações será feito – via assessoria de imprensa e na página da Câmara na internet. É, convenhamos, ser mais legalista que a lei. Afinal, a divulgação pela imprensa escrita e pela web não tem absolutamente nada de irregular. Mais que isso: os veículos de comunicação, habituais utilitários dessas informações, é que correriam o risco, se fosse o caso.

Resumo da ópera: os edis que não concorrem a cargo algum são também eles incluídos nas restrições. Convenhamos, um exagero e tanto. Afinal, a sociedade precisa ser informada. E não será assim, com um parlamento calado por iniciativa própria.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta para GEF Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo