IMPRESSA. Na coluna desta quinta, o trabalho de manutenção nas vias dos distritos de Santa Maria

Você confere a seguir, na íntegra, a coluna do editor do sítio, publicada na edição desta quinta-feira, 14 de janeiro, no jornal A Razão. Nesta edição, a coluna foi produzida pela interina Joyce Noronha.

Parece que prefeito não quer mudar de nome

IMPRESSA. Na coluna desta quinta, o trabalho de manutenção nas vias dos distritos de Santa Maria - coluna_claudemir_14.01.16

Patrolas trabalham nas principais vias de Arroio Grande, Boca do Monte, Arroio do Só e Santa Flora. Foto Prefeitura de SM

Se tem relação com a “campanha” criada pelo vereador Luciano Guerra – publicada na coluna de ontem – esta repórter não sabe dizer, mas parece que o prefeito Cezar Schirmer não pretende trocar de nome. A assessoria do Executivo informou que os trabalhos de manutenção nas principais vias dos distritos de Arroio Grande, Boca do Monte, Arroio do Só e Santa Flora. O secretário adjunto de Infraestrutura, Obras e Serviços, Alexandre Brasil, diz a pasta aproveita “o tempo firme” para trabalhar com patrolas, caminhões e carregadeiras para deixar as vias prontas para o período de colheita, que deve começar em no máximo 45 dias.

Brasil se reuniu, na tarde de terça-feira, com o Conselho de Desenvolvimento Rural para dizer que a Prefeitura conhece o quadro de dificuldades, da mesma forma com que também os subprefeitos e produtores devem reconhecer o grau de limitação que se impõem ao município.

DIZEM QUE TEMER…
Interlocutores do vice-presidente, Michel Temer, mencionam que o peemedebista teria reconhecido que foi equivocado ao enviar carta de desabafo, e aberta, à presidente Dilma Rousseff, no início de dezembro. Conforme texto publicado no Uol Notícias, Temer teria dito que agiu por impulso, em meio a forte pressão de seu partido, o PMDB, por uma posição dele em relação ao pedido de impeachment de Dilma. O site também aponta que Temer avalia que poderia ter redigido a carta de maneira diferente.

ARREPENDEU-SE
Na publicação, auxiliares do vice-presidente comentam que ele não repetiria esta estratégia, que o deixou desgastado. A avaliação de que Temer errou é propagada por aliados em meio a movimentos do peemedebista e de Dilma para diminuir a tensão na relação entre eles. Ao que tudo indica, a presidente quer mostrar que tem o apoio de seu vice. Porém, no outro lado há quem diga que esta preocupação de Temer tem a ver com a neutralidade do Planalto, que ele tem interesse em obter na eleição para presidência nacional do PMDB, em março.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *