UFSM

UFSM. Recebidos R$ 4,6 milhões para saldar dívidas

POR MAIQUEL ROSAURO

A UFSM encerrou 2015 com saldo negativo superior a R$ 6 milhões, o que ocasionou em dívidas com seus fornecedores. Mas na sexta-feira (8), o repasse de R$ 4,6 milhões trouxe um alívio para o cofre da instituição. Confira na matéria da assessoria de imprensa da UFSM:

UFSM recebe mais de R$ 4,6 milhões de recursos financeiros
Depois de um ano marcado por dificuldades financeiras, a UFSM inicia 2016 com uma boa notícia: o repasse de mais de R$ 4,6 milhões de recursos financeiros do MEC, suficiente para quitar boa parte dos valores devidos, especialmente a fornecedores e contratos.

Segundo o pró-reitor de Administração, José Carlos Segalla, em 30 de dezembro de 2015 a UFSM tinha liquidações de notas ficais ou faturas de fornecedores em geral, registados no Departamento de Contabilidade e Finanças (DCF), perfazendo um valor aproximado de R$ 13,2 milhões.

Na mesma data a Subsecretaria de Planejamento e Orçamento (SPO) do MEC liberou recursos financeiros na ordem de R$ 6,548 milhões, que permitiram pagamentos, mas ainda restando um saldo de valores liquidados de R$ 6,652 milhões.

Nesta quinta-feira (7) a SPO/MEC efetuou novo repasse de financeiro, no valor de R$ 4.636.462,00, permitindo que o DCF/UFSM efetue o pagamento de parte do saldo remanescente.

Conforme Segalla, ao final de todos os pagamentos restará um saldo de aproximadamente R$ 1,9 milhão – considerando as logísticas de fornecimento, totalmente dentro dos prazos previstos.

Segundo o pró-reitor, os repasses permitiram que a UFSM tenha um saldo de liquidações, atualmente, bem menor do que a média mensal de 2015, que girava na casa dos R$ 8 milhões.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo