Artigos

Quem guarda as nossas lágrimas? – por Alice Elaine Teixeira de Oliveira

Gostaria de compartilhar com os todos este um lindo Salmo Bíblico, mas gostaria de estabelecer, antes de tudo, os acontecimentos históricos que ocorreram com o autor destas palavras antigas. Mesmo que você não seja um admirador do Livro Sagrado dos Cristãos eu convido que leia o texto sem preconceito.  As referências bíblicas acompanham o texto, caso o leitor desejar confirmar a história dentro de sua própria tradução das Escrituras.

Davi compôs este cântico quando fugiu do assassino Rei Saul, Rei de Israel, seu próprio povo, e teve que ir para Gate, mas ficou com medo de ser preso quando foi reconhecido. Isso porque Gate era a cidade natal do gigante Golias, campeão do exército filisteu, que foi morto por Davi, tinha a altura extraordinária de seis côvados e um palmo (2,9 m). Sua cota de malha, de cobre, pesava 5.000 siclos (57 kg) e a lâmina de ferro da sua lança pesava 600 siclos (6,8 kg). (1Sa 17:4, 5, 7) Golias talvez fosse um soldado mercenário no exército filisteu.

aliceAntes do Rei Saul desenvolver inveja e perseguir Davi, o próprio Davi serviu como músico da corte para tocar harpa perante este Rei que estava ficando doente, e foi recomendado por um conselheiro de Saul, que descreveu Davi como não apenas “perito em tocar”, mas também como “homem poderoso, valente, e homem de guerra, e conversador inteligente, e homem de bom porte, e Jeová está com ele”. (1Sa 16:18) De modo que Davi se tornou o harpista para o perturbado Saul, bem como seu escudeiro. — 1Sa 16:19-23.

Conforme reconhecido pelos homens de sua época, Davi era músico e compositor. Para o povo de Israel a música era muito mais do que apenas distração, era uma parte importantíssima da Adoração de Deus, e assim como qualquer outra atividade religiosa, a parte musical estava organizada. Haviam pessoas encarregadas como “cabeças dos cantores”, “peritos” e ‘aprendizes’. Tudo isso atesta um elevado padrão de música. — Ne 12:46; 1Cr 25:7, 8.

Podemos notar a angústia e a ansiedade do poeta nas linhas da canção, e até mesmo, de certa forma, nos identificarmos com elas. Porém, é notável que mesmo Davi afirmando que confiava na ajuda Divina tomou atitudes que deram certo, pois, por fingir-se de demente, fazendo cruzinhas no portão, como uma criança, e deixando a saliva escorrer sobre a barba, Davi conseguiu escapar de Gate, (1Sa 21:10-15) e baseado nesta experiência, compôs, além do Salmos 56, também o 34.

 

No cabeçalho do Salmo 56 lemos:

Ao regente; com a melodia de A Pomba Silenciosa Que Está Longe. De Davi. Mictão. Quando os filisteus o capturaram em Gate.

 

Mostra-me favor, ó Deus, porque o homem mortal está me atacando.

O dia inteiro, eles lutam contra mim e me oprimem.

 

Meus inimigos me perseguem o dia inteiro;

Muitos, de modo arrogante, lutam contra mim.

 

Quando fico com medo,

 ponho minha confiança em ti.

 

Em Deus, cuja palavra eu louvo,

Em Deus eu ponho a minha confiança; não tenho medo.

O que me pode fazer um simples homem?

 

O dia inteiro eles ferem os meus interesses;

Seu único pensamento é me prejudicar.

 

Eles se escondem para atacar;

Vigiam todos os meus passos,

Na esperança de tirar a minha vida.

 

Rejeita-os por causa da sua maldade.

Derruba as nações na tua ira, ó Deus.

 

Tu acompanhas as minhas andanças.

Por favor, recolhe as minhas lágrimas no teu odre.

Não estão registradas no teu livro?

 

Meus inimigos baterão em retirada no dia em que eu clamar por ajuda;

Estou confiante disto: Deus está do meu lado.

 

Em Deus, cuja palavra eu louvo,

Em Jeová, cuja palavra eu louvo,

 

Em Deus eu ponho a minha confiança; não tenho medo.

O que me pode fazer um simples homem?

 

Estou debaixo dos votos que fiz a ti, ó Deus;

Oferecerei expressões de agradecimento a ti.

 

Pois tu me livraste da morte

E impediste meus pés de tropeçar,

Para que eu andasse diante de Deus na luz dos vivos.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo