JudiciárioMinistério PúblicoPolítica

NÃO CUSTA LEMBRAR. Uma lista truncada e cheia de erros vazada em Curitiba – a primeira da “Odebrecht”

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 24 de março de 2016, quinta:

É BIS? Moro decreta sigilo sobre listão da Odebrecht. Mas só após o estrago causado a mais de 200 políticos

O listão liberado (e só “trancado” depois de divulgado e com estrago a imagem de mais de 200 figuras públicas), com uma planilha em que constam o nome (e até o apelido, em alguns casos) de políticos que teriam recebido recursos do Grupo Odebrecht é ecumênico. Atinge nada menos que 18 partidos – do governo à oposição, e de todas as colorações ideológicas.

Tudo terá que ser provado. Separado o joio do trigo. Mas, e até lá? No caso dos três políticos com vinculação na região, a primeira reação foi da indignação à aparente tranquilidade. Helen Cabral (PT), ex-vereadora e candidata a prefeita, demonstrou surpresa. Acredita que tenham sido doações ao partido. Otomar Vivian (PP), prefeito de Caçapava do Sul, promete até processo. E Nelson Marchezan Júnior diz não ter ficado surpreso, pois se trata de “doação legal” devidamente registrada. A opinião deles está em reportagem do jornal A Razão (confira o linque, junto com outras sugestões, lá embaixo desta nota).

Mas há político de todos os matizes. Do petista Tarso Genro, que externou sua indignação no Twitter, inclusive porque se tratam de doações legais, aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral, até o peemedebista Osmar Terra e a…”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI                                                     

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, se percebe claramente que aquela foi uma manobra diversionista, emplacada pela mídia sequiosa de “matar” adversários ou “chantagear” parceiros. Tanto que boa parte dos nomes então vazados não consta da Lista agora existente que, por sinal, ainda não foi tornada pública – mas um punhado de “culpados” já é coisa conhecida.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo