Meio Ambiente

ATÉ QUANDO? Menos de dois dias depois de realizar mutirão de limpeza, Prefeitura precisa refazer serviço

Margens da Rua Angelin Bortholuzzi, em Camobi, tem sido alvo constante do descarte irregular de lixo. Foto João Vilnei / Prefeitura

Por Ana Bittencourt / Prefeitura de Santa Maria

Na última segunda-feira (15), equipes da Secretaria de Meio Ambiente coletaram 200 toneladas de resíduos às margens da Rua Angelin Bortholuzzi, no Bairro Camobi. O trabalho durou quatro dias e foi mais uma tentativa de revitalizar a área, utilizada constantemente para descarte irregular de lixo. O mutirão de limpeza teve um custo aproximado de R$ 28 mil aos cofres do Município. No entanto, apesar dos esforços da Prefeitura, a área ao longo da via de acesso ao Hotel Fazenda Pampas (antiga Cidade dos Meninos) amanheceu, na manhã de quarta-feira (17), repleta de rejeitos sólidos.

De acordo com o superintendente de Licenciamento e Controle Ambiental e Animal, Gerson Peixoto, a descoberta dos novos focos de lixo ocorreu no início da manhã desta quarta, quando técnicos da Sustentare – empresa responsável pela coleta de resíduos domiciliares nos bairros de Santa Maria – chegaram ao local. A intenção era preparar as margens da via para o plantio de árvores nativas.

“A limpeza de áreas públicas tem custos para a Prefeitura. O plantio de espécies nativas às margens da Angelin Bortholuzzi tem o intuito de coibir o descarte irregular de resíduos sólidos e a Sustentare foi nos ajudar a preparar e a nivelar o terreno para receberem as mudas. No entanto, quando chegamos ao local, constatamos novos focos de lixo na área que já estava limpa. A população não colabora”, afirmou o superintendente.

No terreno foram encontrados sacos de lixo domiciliar, pneus, galhos de árvores, rejeitos de construção civil e até animais mortos. Vale ressaltar que a população do Bairro Camobi é assistida pela Sustentare na coleta domiciliar, realizada com regularidade, inclusive na região da Rua Angelin Bortholuzzi.

“Hoje pela manhã precisamos cancelar a preparação do terreno e o plantio das árvores nativas para recomeçar o mutirão de limpeza, gerando novos custos para a Prefeitura. Por isso, contamos com a colaboração dos moradores para que mantenham a área limpa, para que façam o descarte correto dos resíduos sólidos e, principalmente, que comuniquem à Secretaria de Meio Ambiente quando testemunharem pessoas ou empresas jogando lixo na área”, concluiu Gerson Peixoto.

A Secretaria de Meio Ambiente disponibiliza um canal de atendimento direto com o contribuinte. Através do e-mail residuos@santamaria.rs.gov.br é possível enviar críticas, sugestões, elogios e reclamações sobre a coleta de resíduos. Também é possível enviar denúncias de descarte irregular, se possível, informado placas de veículos envolvidos na ação e o horário em que ocorreu o flagrante. Para mais informações, o telefone é (55) 3921-7150.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo