Destaque

MÊS QUENTE. Santa Maria receberá Goulart, Lula e Temer. O primeiro chegará já no dia 1º de fevereiro

João Vicente Goulart começará por São Borja o “tour” gaúcho. Em Santa Maria estará no dia 1º (foto Verônica Fialho Goulart/Divulgação)

Fevereiro tem tudo para ser bastante quente, na política local. E não apenas pelo reinício do ano legislativo e os possíveis embates entre a Prefeitura e o Parlamento, em que a oposição acabou vitaminada com as dissidências governistas que acabaram vitoriosas na eleição para a Mesa da Câmara. Para o próximo mês anuncia-se a vinda de três personalidades nacionais que terão relevância, direta ou indireta, no pleito presidencial de outubro.

O primeiro a chegar, como você conferiu na madrugada passada AQUI  mesmo, é João Vicente Goulart, um dos pré-candidatos e o mais expressivo deles, ao que tudo indica, à Presidência da República, pelo PPL. O presidente municipal e estadual da sigla, Werner Rempel, confirmou ao editor que Goulart, filho do ex-presidente João (Jango) Goulart, deposto pelo golpe de 64, virá à cidade já no dia 1º.

João Vicente, que atualmente vive no Rio de Janeiro, fará um tour pelo território gaúcho, a começar por São Borja, onde Jango (e também Leonel Brizola, ex-governador gaúcho, e o ex-presidente Getúlio Vargas) está sepultado, no dia 31 de janeiro. Uma agenda em Santa Maria ainda é montada para o pré-candidato.

As duas outras visitas ilustres, ao que tudo indica, acontecem logo após o carnaval, em data ainda indefinida.

A vinda de Luiz Inácio Lula da Silva foi ANTECIPADA ao site ainda em novembro, pelo deputado federal Paulo Pimenta. O, embora condenado em segunda instância, pré-candidato petista à Presidência da República, fará pelo Estado mais uma de suas caravanas. São Borja, Livramento e Santa Maria são as cidades já confirmadas no roteiro, pelo próprio Lula, logo depois do julgamento em que sua pena foi agravada pelo Tribunal Regional Federal, na quarta-feira.

Por fim, ainda sem data também definida, o Palácio do Planalto articula, como você leu AQUI na terça-feira, a vinda do presidente Michel Temer. Ele viria, se for confirmada a visita, dentro da chamada “agenda positiva”, inaugurar o Centro de Artes e Esportes Unificados, o CEU, no bairro Nova Santa Marta.

Com Temer devem vir, além do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, a que o CEU é vinculado, pelo menos os integrantes gaúchos do primeiro escalão, como os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Osmar Terra (Desenvolvimento Social).

Resumindo: que ninguém se queixe de fevereiro. Tende a ser um mês bem quente. Pelo menos para a política.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. Não se ensina um padre a rezar a missa, mas é evidente que estamos a poucas horas da fronteira do Uruguai. A Polícia Federal deverá acompanhar bem de perto a movimentação do condenado por essas bandas, certo? Será que está no roteiro a ida para alguma cidade mais perto da fronteira? O condenado não iria para a Argentina porque o Macri assinaria a extradição num piscar de olhos, sem choro nem vela, mas no Uruguai tem gente esquisita e caudilha também, um já está aposentado e tem uma fazenda que pode abrigar um caudilho daqui. A PF não pode dar chance ao azar.

  2. “Que ninguém se queixe porque fevereiro vai ser quente politicamente por aqui”? Menos, menos. Bem menos.

    Não vou falar do Goulart, mas a respeito dos outros dois: bem que os outros dois poderiam esquecer esses lados. Não existimos, seu Lula e seu Temer, “vão atrás de suas turmas”.

    O condenado teve que antecipar a visita? Claro, os embargos que restaram diminuiram o tempo de liberdade, tem de ser rápido antes de ser preso.

    Goulart é expressivo? Tanto como o Levy Fidelix.

  3. Apreenderam o passaporte do Molusco. Imprensa fala um evento da FAO na Etiópia. Só que a burocracia (vermelhinha) da ONU está promovendo um evento dentro do 30º Congresso da União Africana. O mote do congresso é “Vencendo a luta contra a Corrupção”.

    https://au.int/en/summit/30

  4. Ordem de relevância: Lula (que tem seus fiéis), filho do Jango e Temer. Detalhe: relevância do filho do Jango é pouco mais que zero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo