Câmara de VereadoresPartidosPolíticaPrefeitura

LUNETA ELETRÔNICA. A Comissão do Plano Diretor, impeachment sob análise, progressistas bem irritados

Por MAIQUEL ROSAURO (texto e foto/arquivo), da Equipe do Site

* A sessão desta terça-feira (27) na Câmara de Vereadores promete ser tensa, pois dois temas polêmicos estão na Ordem do Dia.

* Os parlamentares irão formar a Comissão Especial para analisar o Plano Diretor, que teve sua formação barrada há uma semana pelo Grupo dos 11.

* Ao que tudo indica, o G11 deve indicar Daniel Diniz (PT) e o G10 deve ir com Admar Pozzobom (PSDB).

* Quem vai levar a terceira vaga é uma incógnita. Se os vereadores não chegarem a um acordo antes da sessão, podem se repetir os mesmos problemas apresentados durante a formação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

* Em tempo: outras duas comissões também serão formadas nesta terça, uma para analisar a Lei de Uso e Ocupação do Solo e outra para trabalhar com o Código de Obras.

Admissibilidade da denúncia de Maranhão contra o prefeito Jorge Pozzobom será discutida nesta terça-feira, na Câmara

* O outro tema polêmico desta terça é referente à denúncia do líder comunitário José Francisco da Silva, o Maranhão, que pede o impeachment do prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) (AQUI).

* Os vereadores primeiro irão decidir se aceitam a admissibilidade da denúncia. Se aceita, será formada uma comissão processante.

* Conforme o site apurou, o G11 irá se reunir antes da sessão para discutir a denúncia de Maranhão.

* Membros do Diretório Municipal do PP estão furiosos com a Administração Municipal.

* O motivo: não houve aprovação do PP para que a secretária Sandra Rebelato (PP) deixe a pasta de Mobilidade Urbana e assuma a de Meio Ambiente.

* A reunião do Diretório do PP ocorre sempre no início de cada mês e o assunto não chegou a ser debatido.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. É inadmissível que a Câmara leve TODO assunto de pauta para o viés político.

    É inadmissível que a análise do plano diretor seja apequenado com intriguinhas políticas e ideológicas. Esse assunto não tem nada de político, esse tema está acima de qualquer visão ideológica míope.

    Essa é a hora de “fatiar o bolo” da análise entre todos, sem divisão de grupos ideológicos, olhando para Santa Maria, e isso passa pela humildade de se aconselhar com especialistas.

  2. Estão fazendo da discussão do plano diretor algo político, pequeno, com interesses de grupo, quando deveria ser algo exclusivamente técnico e voltado para o bem comum de todos.

    Logo, do jeito que as coisas vão não é só ridículo como vai sobrar para todos nós pagarmos essa conta. De novo.

  3. Se o PP nem discutiu, por que estariam furiosos com a administração municipal? Ou não discutiram porque antes ficaram furiosos? Está confuso isso aí, editor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo