ESPORTE. Orlando Fonseca, a Copa do Mundo e a mudança nas relações entre a seleção e os brasileiros

ESPORTE. Orlando Fonseca, a Copa do Mundo e a mudança nas relações entre a seleção e os brasileiros

ESPORTE. Orlando Fonseca, a Copa do Mundo e a mudança nas relações entre a seleção e os brasileiros - orlando-chamada-1“…É bem certo que o futebol passou por mudanças significativas, após os escândalos que vieram a público, nestes anos entre o último mundial e o atual. E os cartolas brasileiros estão no centro das maracutaias que movimentaram bilhões para as contas de dirigentes e empresários do setor das comunicações. Essas notícias somadas àqueles 7 a 1, com os quais a nossa seleção foi eliminada da Copa de 2014 – realizada em nossa casa -, deram o tom melancólico e desconfiado com que a torcida brasileira enxerga os jogos que se avizinham. 

Mudou o futebol – o árbitro de vídeo vai-se tornando uma realidade; as transações miliardárias que mobilizam a imprensa mais do que as grandes jogadas em campo -; mas também mudou o país. Neste ano completam-se cinco das históricas jornadas de …”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra da crônica “É tempo de Copa”, de Orlando Fonseca. Orlando é professor titular da UFSM – aposentado, Doutor em Teoria da Literatura, PUC-RS, e Mestre em Literatura Brasileira, UFSM. Exerceu os cargos de Secretário de Cultura na Prefeitura de Santa Maria e de Pró-Reitor de Graduação da UFSM. Escritor, tem vários livros publicados, foi cronista dos Jornais A Razão e Diário de Santa Maria. Tem vários prêmios literários, destaque para o Prêmio Adolfo Aizen, da União Brasileira de Escritores, pela novela Da noite para o dia, WS Editor; também finalista no Prêmio Açorianos, da Prefeitura de Porto Alegre, pelo mesmo livro, em 2002.

OBSERVAÇÃO DO EDITOR: a imagem que ilustra esta nota é de reprodução da Internet.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *