ELEIÇÕES 2018. Com recurso, Marion Mortari está apto a concorrer a um mandato de deputado estadual

ELEIÇÕES 2018. Com recurso, Marion Mortari está apto a concorrer a um mandato de deputado estadual

ELEIÇÕES 2018. Com recurso, Marion Mortari está apto a concorrer a um mandato de deputado estadual - maiquel-mortari-2

Ainda que “indeferida com recurso”, Mortari está “apto” a fazer campanha e concorrer e seu nome e foto estarão na urna eletrônica

Por MAIQUEL ROSAURO (com imagem de Reprodução), da Equipe do Site

O Tribunal Superior Eleitoral (TRE-RS) oficializou, na terça-feira (18), o fechamento do Sistema de Candidaturas do Rio Grande do Sul, uma vez que no dia anterior foi encerrada a análise de registros. Isso significa que, os nomes dos candidatos que hoje estão aptos irão aparecer na urna eletrônica no dia 7 de outubro. E quem garantiu a permanência no pleito, no fechamento do prazo, foi o vereador Marion Mortari (PSD).

Na semana passada, Mortari teve sua candidatura à Assembleia Legislativa indeferida pelo TRE-RS, que o considerou inelegível até o dia 7 de outubro de 2020 (AQUI). Logo, ele teve seu registro recusado e constava como ‘Inapto’ ao pleito.

Contudo, a assessoria jurídica do vereador entrou com recurso e conseguiu reverter, parcialmente, a situação. Hoje, no site do TRE-RS, Mortari consta como ‘Apto’ para ser votado na urna eletrônica e sua candidatura está ‘Indeferida com recurso’.

Isso significa que, embora não atenda as condições necessárias para o deferimento do registro, ele interpôs recurso contra a decisão e aguarda julgamento por instância superior, no caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na prática, ele pode fazer campanha, ter o nome nas urnas e ser votado.

Os votos que Mortari receber ficarão “congelados”, sendo apenas contabilizados. Ou seja, validados após o trânsito em julgado da decisão que deferir sua candidatura, quando não couber mais recursos.

Enquanto isso, tanto nas ruas quanto nas redes sociais, Mortari segue a todo vapor com sua campanha. No final de semana passado, inclusive sua assessoria jurídica se manifestou sobre o assunto e demonstrou confiança em uma virada. Confira:

 

A situação que Mortari enfrenta não é exclusiva. No total, 1.297 candidatos foram considerados aptos no Rio Grande do Sul. Destes, 1.251 foram deferidos, um deferido com recurso, 40 indeferidos com recurso e cinco substituições (ainda pendentes de julgamento, pois ingressaram recentemente). Os inaptos somam 42 registros: quatro cancelados, 16 indeferidos e 22 renúncias.



2 comentários

  1. O Brando

    Ex-futuro prefeito do ex-futuro município de Pains vai ter a foto na urna eletrônica. Porém desconfio que muito pouca gente irá ver a mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *