MIX. Luiz Roese, venda do terreno da sede do DAER, aluguéis que o Estado paga e a licitação dos Correios

MIX. Luiz Roese, venda do terreno da sede do DAER, aluguéis que o Estado paga e a licitação dos Correios - foto-luiz-chamada“…O terreno onde fica a sede da 4ª Superintendência Regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), na Avenida Nossa Senhora da Medianeira, em Santa Maria, vai ser negociado novamente pelo Estado. Ele tem aproximadamente 5,6 mil metros quadrados e está avaliado em R$ 21 milhões.

Em dezembro de 2017, ele já iria a leilão, com lance mínimo de R$ 24 milhões, mas o processo foi suspenso. Agora, a…

Aluguel da Subdelegacia do Trabalho e Emprego, na …

…Sempre gosto de publicar aluguéis pagos por órgãos governamentais, para as pessoas terem uma noção. A Subdelegacia do Trabalho e Emprego, na Avenida Rio Branco, esquina com a Rua Silva Jardim, acabou de ter o contrato…

CLIQUE AQUI para ler a íntegra de “Vendas a ser feitas, alugueis a ser pagos e…”, de Luiz Roese. Jornalista que hoje vive em Porto Alegre, após uma dúzia de anos em Santa Maria – onde se aquerenciou no início do século e atuou profissionalmente nos jornais Diário de Santa Maria e A Razão.



1 comentário

  1. O Brando

    Terreno da sede a 3750 reais o metro quadrado. No Itararé 227 reais o metro quadrado. Se tivesse que apostar diria que a sede não terá interessado ou será vendida por valor inferior. Questão de mercado e perspectiva econômica.
    Correios tem o monopólio do serviço postal desde 1978, época do Geisel. De lá para cá a tecnologia praticamente inutilizou a estatal. Começaram a oferecer outros serviços para melhorar a receita. Tele Sena, banco, etc. Andaram utilizando estagiários como mão de obra, levaram um TAC no lombo. Saíram os estagiários e o nível de serviço caiu. O monopólio não é muito respeitado, andam processando até igreja que manda cartão postal por motoboy. Aquela gurizada, por exemplo, que anda entupindo a caixa de correspondência com panfletos não poderia, é entrega de impressos (salvo melhor juízo). Cereja do bolo são os cabides políticos, ao invés de colocar gente capacitada colocaram qualquer um, gerou um problema sério de gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *