SALA DE DEBATE. João Trevisan, novo ministro da Educação, a Previdência, a Pesquisa, as crianças…

SALA DE DEBATE. João Trevisan, novo ministro da Educação, a Previdência, a Pesquisa, as crianças…

Dá pra dizer que foi um supermix de assuntos. Houve, o editor reconhece, um problema técnico que cortou tou parte pequena do primeiro bloco, mas dá para acompanhar as discussões iniciais, que foram em torno da perda, para Santa Maria, do empresário João Trevisan, que morreu na noite de sábado. Mas vários outros temas surgiram no programa ancorado por Roberto Bisogno, entre meio dia e 1 e meia da tarde, na Rádio Antena 1, e a sempre interação interessante com os ouvintes.

Com a participação deste editor, e a presença dos convidados do dia, Elvandir José da Costa, Luiz Ernani Araújo, Walter Jobim Neto e Alfeu Bisaque Pereira, desfilaram pelos microfones do programa, entre outros assuntos, a questão da reforma previdenciária, a pesquisa Datafolha, o destino das nossas crianças (e os jogos de computador) e, claro, a repercussão em torno do novo ministro da Educação, Abraham Weintraub.

PARA OUVIR O “SALA” DE HOJE, BLOCO POR BLOCO, CLIQUE NOS LINQUES ABAIXO!



5 comentários

  1. O Brando

    Mentalidade é que se não for parte da corporação não serve.
    Se não fizer nada já está no mesmo nível de muitos da academia.
    Rankings soltos no ar, dão a posição da melhor universidade do bairro Camobi e não se mencionam as posições que não interessam.

  2. O Brando

    Em tempo. No programa falaram semanas no tal de galho em frente a sinaleira. Bastou Bisogno dar uma carona para o irmão na volta de uma missa. Sujeito comentou no programa dele e logo de tarde as coisas andaram. Bisonhamente tentaram avocar o mérito.

  3. O Brando

    Reforma boa para vermelhinho é o cara se aposentar com 45 anos e receber 10 mil dólares por mês. Se não tiver dinheiro é culpa do sistema financeiro internacional.
    Congresso funciona o mês inteiro, religiosamente de terça até quinta.
    Maior parte dos congressistas não tem nível intelectual para entender a reforma.
    Bisonha esta, não é questão do que o eleitorado quer, é questão do que cabe no bolso do país. Alguns têm dificuldade para entender, coisas da vida.
    Chile é o único país do mundo além do Brasil.
    Vontade e necessidade do povo, kuakuakuakuakuakuakua, dinheiro virá de Marte. kuakuakuakuakuakua
    De novo, Itaipu foi feita com divida externa. Financiamento deve terminar de ser pago nos próximos anos. Idem Brasília. Uma pista, alguém acredita que a hiperinflação da época do Sarney afetou tudo, menos o dinheiro da previdência?

  4. O Brando

    Esta história de ‘não tem como quebrar, é muito grande’ algo como o ‘too big to fail’ dos americanos é justamente o que leva a bancarrota geralmente. Alás, a Varig era administrada pela Fundação Rubem Berta que anteriormente era conhecida como Fundação dos Funcionários da Varig.

  5. O Brando

    Lies, damned lies and statistics, uns falam em Mark Twain outros em Disraeli.
    Pesquisa, com todas as reservas que se possa fazer as pesquisas, não muda nada. Bom saber que alguém no programa tem procuração para falar em nome de todos os bolsonaristas. Kuakuakuakuakuakua Na minha opinião resultado não muda nada.
    Que ser perfeito a política perdeu.
    Troquei de estação de manhã. Jornalista batendo boca com entrevistado é o fim da picada.
    Cabra bom, sabe o que acontece em todas as casas onde existem crianças! Até o horário em que vão dormir, deve ser fiscal do Papai Noel!
    Até parece que o estado da segurança pública permite crianças na rua.
    Bem claro que a avaliação é de uma faixa restrita de poder aquisitivo e de faixa etária. Um nível pouco acima já é outra história, é ballet, o judô, a natação, o inglês, o instrumento musical, etc.
    Sabugo de milho, limpa, coça e penteia.
    Terapia vai ser quando sair o churrasco dos debatedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *