SALA DE DEBATE. Amazônia sob ameaça, o Conselho de Política Cultural, as obras públicas em Santa Maria

SALA DE DEBATE. Amazônia sob ameaça, o Conselho de Política Cultural, as obras públicas em Santa Maria

SALA DE DEBATE. Amazônia sob ameaça, o Conselho de Política Cultural, as obras públicas em Santa Maria - sala-12

Mediador Bisogno (D), editor e os convidados: Antonio Candido Ribeiro, Orlando Fonseca e Ricardo Blattes (foto Gabriel Cervi Prado)

Para um dia tradicionalmente ameno, até que o “Sala de Debate” desta sexta-feira apresentou interessantes controvérsias, inclusive com a interferência (e até esclarecimentos) dos ouvintes. O fato é que pelo menos três temas, entre outros, transitaram pelo programa de hoje, entre meio dia e 1 e meia da tarde, na Rádio Antena 1. A mediação foi de Roberto Bisogno, com a participação deste editor e dos convidados do dia, Antonio Candido Ribeiro, Orlando Fonseca e Ricardo Blattes.

Predominou, em boa parte do tempo, a discussão em torno de obras públicas municipais, incluindo a recuperação viária e também o Calçadão Salvador Isaía. Da mesma forma, a questão nacional da Amazônia, sob ameaça das queimadas e com consequências imprevisíveis sobre a economia do país, também mereceu destaque. E, igualmente, a escolha, a ser feita nos próximos dias, dos 36 integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural.

PARA OUVIR O “SALA” DE HOJE, BLOCO POR BLOCO, CLIQUE NOS LINQUES ABAIXO!!!

 



1 comentário

  1. Claudio Graça

    No programa de sexta feira pp tanto o Bisogno como o Fonseca voltaram a afirmar na mineraçào do grafeno e nióbio na fliresta Amazonica. Primeiro o grafeno não é um mineral e sim priduzido a oartir do grafite esse sim um mineral. Segundo os dois tanto o nióbio como o grafite (e não o grafeno) tem as maiores reservas conhecidas em Minas Gerais e Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *