TRAVESSIA URBANA. Içamento de vigas no trevo da Uglione provoca bloqueios parciais no final de semana

TRAVESSIA URBANA. Içamento de vigas no trevo da Uglione provoca bloqueios parciais no final de semana

TRAVESSIA URBANA. Içamento de vigas no trevo da Uglione provoca bloqueios parciais no final de semana - travessia-urbana-1Com texto e foto do Núcleo de Comunicação Social do DNIT-RS

A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes -DNIT/RS, por meio da Unidade Local de Santa Maria-RS, informa que a partir das 7h30, desta sexta-feira (23/08), iniciará segunda etapa da operação de içamento de vigas junto ao trevo da Uglione, intersecção entre as BR-392/RS e BR-158/RS (foto acima). O trânsito terá bloqueios parciais e com desvios temporários no final de semana. Os trabalhos no local devem seguir pelos próximos 8 dias.

Fluxo do trânsito

No sábado (24/08) e domingo (25/08), a partir das 7h30 da manhã, ocorrerão bloqueios parciais com desvios alternativos para quem utiliza a rotatória da BR-392. Durante o içamento de cada uma das 8 vigas localizadas na rótula, o trânsito será totalmente bloqueado. A interrupção deve durar entre 10 a 15 minutos.

Neste período, veículos que se deslocam da BR-392 em direção à avenida Helvio Basso serão desviados para a rótula da Duque de Caxias. Quem trafega no sentido Santa Maria-São Sepé terá como alternativa um retorno provisório, com  apoio de equipes de sinalização, junto à rua Conselheiro Pereiron.

As rotas alternativas foram definidas em conjunto com a Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e visam garantir o fluxo da rodovia. Para a comunidade local, o DNIT sugere que evite passar pelo trevo durante o final de semana, utilizando trajetos pelos bairros Urlândia, Tomazetti e Dom Antônio Reis.  Nos dias úteis não há previsão de bloqueios.

O viaduto da BR-392/RS faz parte do conjunto de obras de arte especial do projeto em execução de duplicação das BR158/287-RS, popularmente conhecido como Travessia Urbana de Santa Maria-RS. Trata-se de um viaduto em três níveis que após concluído segregará o trânsito urbano, do fluxo que utiliza a rodovia tanto para região Sul do Estado, quanto para Fronteira Oeste.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *