PERSONAGEM. Muito mais que “três pontos”, evento em que o atleta D’Alessandro fala sobre a sua história

PERSONAGEM. Muito mais que “três pontos”, evento em que o atleta D’Alessandro fala sobre a sua história

PERSONAGEM. Muito mais que “três pontos”, evento em que o atleta D’Alessandro fala sobre a sua história - leonardo-dale

As lutas vividas pelo craque argentino e sua superação ao longo da carreira, um pouco do que ele contou no palco do Itaimbé Palace Hotel

Por LEONARDO MACHADO MARTINS (texto e foto), Especial para o Site (*)

No dia 21 de outubro ocorreu em Santa Maria no Itaimbé Palace Hotel o evento “Três pontos”, orquestrado pelo jogador Andrés D’Alessandro, do Internacional de Porto Alegre. Uma palestra emocionante que é narrada pelo craque do estádio Beira-Rio.

Jogador, pai, empresário, embaixador e agora palestrante. Três pontos é muito mais que uma vitória, é a história de vida de D’Alessandro. O craque colorado resolve deixar as chuteiras de lado e contar sobre a sua história, desde a sua infância humilde na Argentina até a sua carreira como jogador profissional nos dias de hoje.

Em sua palestra, o craque traça uma linha do tempo da sua vida, contando as suas principais histórias, tanto profissionais como pessoais. Uma palestra motivacional que aos poucos vai ganhando atenção até mesmo de torcedores rivais, pois não há como negar a importância da figura de Andrés D’alessandro para o cenário gaúcho. Sob os olhares dos santa-marienses o craque argentino passou sua visão sobre como ser um bom profissional, ser comprometido e saber fazer o bem.

A palestra foi muito bem aceita e elogiada para quem pode presenciar. Michel Augusto relatou um pouco da sua experiência após o evento. “Achei muito interessante a forma como o D’Alessandro conduziu a palestra, pois quando cheguei, achei que iria falar só de futebol, mas é uma palestra muito mais motivacional, que ensina coisas importantes para a vida, saio satisfeito e ainda mais fã do nosso craque colorado”, relatou o estudante de 20 anos.

João Paulo Antunes, acadêmico de 21 anos, que também estava presente no evento, acabou falando o quanto foi importante a presença do jogador em Santa Maria. “Muito bom ver esse tipo de evento aqui na cidade, é único poder ver e ouvir de perto os conselhos de uma pessoa tão vitoriosa como o D’Ale”.

(*) Leonardo Machado é acadêmico de Jornalismo da Universidade Franciscana e faz seu “estágio supervisionado” no site



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *