MÍDIA. Mendelski, no ar, na Guaíba, faz declaração racista sobre Marielle. Diretor da rádio se desculpa

MÍDIA. Mendelski, no ar, na Guaíba, faz declaração racista sobre Marielle. Diretor da rádio se desculpa

MÍDIA. Mendelski, no ar, na Guaíba, faz declaração racista sobre Marielle. Diretor da rádio se desculpa - sul21-marielle

COM ACRÉSCIMO DE LINQUE, ÀS 20H23

Da redação do jornal eletrônico SUL21, com foto de Reprodução

O jornalista Rogério Mendelski fez uma declaração racista sobre a vereadora Marielle Franco durante o seu programa na Rádio Guaíba na manhã desta quinta-feira (7). Mendelski começou a ler um comentário de ouvinte sobre Ronnie Lessa, apontado como o executor do assassinato da vereadora, quando interrompeu para fazer um comentário racista sobre ela. “Agora virou até moda o cabelo da Marielle. O que eu tenho visto de pessoas com o cabelo, aquele cabelo horroroso, feio, um coque na cabeça”, disse.

A  manifestação foi repudiada pelo deputada estadual Luciana Genro (PSOL), que disse que iria encaminhar um pedido de manifestação de repúdio do partido junto à rádio. “No mês da consciência negra, ele faz um comentário racista e que mostra sua profunda ignorância a respeito da cultura negra. Inaceitável!”, disse.

Nando Gross, gerente de Jornalismo da Rádio Guaíba, divulgou nota com se posicionando nas redes sociais sobre o assunto, pedindo desculpas à família de Marielle e dizendo que a rádio repudia toda forma de preconceito e de discriminação. Confira o conteúdo da sequência de tuítes:

“Esclarecimento. Sobre o comentário do apresentador Rogério Mendelski hoje pela manhã no programa Bom Dia, quando fez considerações sobre a vereadora Marielle Franco, esclarecemos que repudiamos todo e qualquer tipo de comentário de conteúdo preconceituoso. Pedimos desculpas à família de Marielle e a toda a comunidade atingida pelo fato. Nos seus princípios, que estão expostos no site oficial da emissora, a Guaíba deixa bem claro isto aos seus ouvintes e colaboradores. A Rádio Guaíba repudia toda e qualquer forma de preconceito e discriminação. A Rádio Guaíba preza a pluralidade de ideias entre seus comentaristas e apresentadores, mas não aceita de forma alguma manifestações de conteúdo racista, homofóbico de xenofobia ou qualquer outra forma de discriminação. A opinião dos comentaristas e apresentadores não representa a opinião da empresa. Esta será apresentada em editoriais quando necessário…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

LEIA TAMBÉM:

“Após ser acusado de racismo, Mendelski se defende: “Meu comentário foi interrompido””, no site especializado Coletiva.Net (AQUI)



1 comentário

  1. Fernando campos da rosa

    NEGROS-A politica brasileira é militada,comandada ,filiada por uma elite branca e rica.Formada por pessoas de olhois azuis e cabelo loiro,os negros não recebem cargos e nem tem poder de decisão nos partidos.Cadê a cota racial nos partidos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *