EstadoPolíticaPrefeituraSaúde

COVID-19. Previsão do governador: 40 leitos clínicos disponíveis no Hospital Regional até o final deste mês

Anúncio foi feito pelo governador Eduardo Leite, em “live” no Facebook da qual participou também a secretária de Saúde, Arita Bergmann

Por MANUELA VASCONCELLOS (com imagem de Reprodução/Facebook), da Assessoria da Prefeitura

As tratativas da Prefeitura de Santa Maria e o apoio de entidades e instituições civis e militares para a efetivação da abertura de leitos clínicos e de UTI do Hospital Regional foi um dos destaques da live do governador do Estado, Eduardo Leite, no começo da tarde desta terça-feira (14).

A garantia é de que na próxima semana sejam abertos os primeiros 20 leitos clínicos e, até o fim deste mês, outros 20 para tratamento de pacientes com coronavírus. Ainda estão previstos 10 leitos de UTI no complexo hospitalar, como retaguarda do Sistema Único de Saúde (SUS) no enfrentamento da pandemia.
“A previsão é de abertura para a próxima semana com uma grande parceria da comunidade de Santa Maria e da Prefeitura, por meio do prefeito Jorge Pozzobom. São doações para colocar o hospital em funcionamento o mais rápido possível. Esse é o nosso objetivo”, reforça o governador Eduardo Leite.
O prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, também fez questão de enfatizar a importância das parcerias para a efetivação dos atendimentos aos pacientes, entre eles, o Exército, o Ministério Público, o Sindicato da Indústria da Construção Civil de Santa Maria (Sinduscon) e Receita Federal.
“O enfrentamento ao coronavírus está ocorrendo em diferentes frentes. Uma delas é a abertura dos 40 leitos clínicos e mais 10 de UTI no Hospital Regional. Estamos fazendo um esforço conjunto neste momento tão delicado”, destacou o chefe do Executivo.
“Com essa rede de solidariedade local, estamos vendo concretamente a possibilidade de abrir o Regional para preencher o vazio de leitos e tendo a segunda etapa, os leitos de UTI”, reforça a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, presente na live junto ao governador.

Confira a Live do governador. A questão do Regional é colocada a partir do minuto 11:15

 

As doações ao Hospital Regional começaram ainda no início do mês de abril, com a destinação de mobiliários de uma clínica desativada em que o Exército realizou todo o transporte dos objetos. A instituição de saúde também recebeu 53 aparelhos de ar-condicionado destinados pela Receita Federal do Brasil no Município. Já a instalação desses aparelhos é feita pelo Sinduscon. Até o fim desta semana, é esperada a chegada de todo o enxoval aos leitos, também por meio de doação.
Em 18 de março, o prefeito Jorge Pozzobom teve a garantia do repasse de R$ 7,2 milhões de recursos públicos para a viabilização de adequações na estrutura física do Hospital Regional. Esse trabalho está sendo finalizado com a supervisão do Instituto de Cardiologia – Fundação Universitária de Cardiologia (FUC), que administra o hospital.
PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo