Destaque

ELEIÇÕES 2020. Pozzobom exonera mais de 20 CCs do PP. Que afirma ser retaliação à candidatura de Cechin

Exonerações foram nessa quinta-feira, no Centro Administrativo. PP diz que é retaliação ao partido, pela pré-candidatura de Cechin

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Divulgação), da Equipe do Site

O governo do prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) fez uma limpa nos cargos de confiança (CCs) ligados ao Progressistas, sigla do vice-prefeito Sergio Cechin (PP), que atuam na Prefeitura de Santa Maria. Conforme informações apuradas pelo Site, mais de 20 pessoas foram exoneradas nessa quinta-feira (9).

Entre os que deixaram os cargos está o chefe de gabinete de Cechin, Rafael Dulor, que será o coordenador da campanha ao Executivo, e também o vice-presidente do Instituto de Planejamento (Iplan), Marco Jacobsen, que ocupa a vice-presidência do PP/SM.

Conforme uma fonte graúda do Site, as exonerações estão relacionadas ao fato de Cechin ter confirmado sua pré-candidatura a prefeito.

“Dia 18 de março, prefeito em Porto Alegre garantindo recursos para o Hospital Regional e as UTIs do HUSM e o vice-prefeito lançando a pré-candidatura em uma reunião. Apenas isso! Seguimos com foco na cidade, na pandemia!”, disse a fonte que pediu para não ser identificada.

Na noite dessa quinta, a direção do PP divulgou uma nota pública direcionada ao prefeito. O partido reclama de uma retaliação da Prefeitura em razão da pré-candidatura de Cechin (leia abaixo).

O presidente municipal do partido, Mauro Bakof, alega que as demissões são uma injustiça.

“Eu luto por justiça e perfeição sempre! E isso é atitude de total desonra, atitude de covarde, de alguém que nunca chamou nossa Executiva para conversar, pois sabia que ouviria muito”, afirma Bakof.

Abaixo, confira na íntegra a nota do PP/SM:

Senhor prefeito, nossas famílias também merecem respeito.

Os progressistas de Santa Maria, partido que ocupa com legitimidade, ética e honradez a vice-prefeitura do município, vem a público questionar o excelentíssimo prefeito a respeito das demissões ocorridas nesta quinta-feira, 09 de abril. Todas elas são de filiados ao Partido Progressista, o que deixa evidente o caráter de retaliação do ato, visto que, por forte apoio e apelo popular, anunciamos a pré-candidatura a prefeito do Progressista Sérgio Cechin. Não questionamos o direito de seus atos, mas sim a insensibilidade em relação ao momento. Em meio a uma pandemia que assola e preocupa a saúde e a renda dos santa-marienses, e em plena semana de Páscoa, tais decisões nos parecem despidas de sentimento e empatia. O que não nos deixa com outra alternativa se não a de encarar estes fatos como retaliações eleitorais. Seguiremos trabalhando por uma Santa Maria acima das diferenças e bem maior do que as rivalidades políticas de ocasião.

Assinam:

Executiva, Diretório e filiados

Progressistas

Artigos relacionados

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

5 Comentários

  1. O PP foi muito mal nessa. Além de apunhala o prefeito pelas costas em meio a pandemia lançando candidatura própria agora se fazem de vitima das exonerações que eles provocaram. Só mais uma pergunta: Os CCs que foram exonerados esperavam ficar trabalhando na prefeitura e na campanha do Cechin ao mesmo tempo?
    Em tempos de redes sociais o PP larga muito mal para as eleições de 2020, o povo já não acredita mais em tudo #ficaadica

  2. Cladistone comeu bola de novo. Demitisse os ruinzinhos, mantivesse os melhorzinhos e criaria um problema para o PP.

  3. A gestão liderada pelo prefeito Pozzobon tem sido tão ruim, incompetente e relapsa, que qualquer candidato que se oponha e ele tem chances de ser eleito. O vice é seu aliado, portanto está no mesmo barco que naufragará nas próximas eleições, salvo se fizer um mea culpa é se desligar publicamente do atual titular. Votei no Pozzobon, foi um engano fatal!

    1. Outro que quer entender mas não entende bulufas…vai estudar mais e para de dar palpite ( não da para dizer comentario )furado aqui….respeite o sitio politico serio e de comentaristas preparados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo