Sem categoria

CÂMARA. Não sem chiadeira, formada comissão que fiscalizará o destino do troco das emendas impositivas

Luci Duartes, do PDT, defendeu a criação da comissão especial para fiscalizar destino dos valores das emendas impositivas dos vereadores

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Gabriel Leão/AICV), da Equipe do Site

O Legislativo de Santa Maria definiu quem fiscalizará os mais de R$ 2 milhões que seriam investidos nas emendas impositivas e que, hoje, estão à disposição do Executivo para aplicação no combate à Covid-19. A missão ficará a cargo de Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), Alexandre Vargas (Republicanos) e Francisco Harrisson (MDB). A comissão especial foi formada na manhã desta terça-feira (5), porém nem todos os parlamentares foram favoráveis à iniciativa.

Luci Duartes, proponente da comissão especial, explicou que o objetivo é dar transparência às ações desenvolvidas pelo Executivo.

“Não acho justo reorganizamos nossas emendas para ser usadas no combate ao coronavírus e ninguém saber onde está esse dinheiro”, afirmou a pedetista na tribuna.

O vereador Daniel Diniz (PT) reclamou que os parlamentares não são consultados para nada envolvendo a pandemia e citou como exemplo um grupo de WhatsApp criado entre representantes das bancadas do Parlamento e membros do Executivo para contribuir com o debate sobre a Covid-19. Segundo ele, o grupo se resume a postagens sobre notícias do site da Prefeitura ou da imprensa da cidade.

“Confesso a todos vocês e a comunidade santa-mariense, é uma vergonha aquele grupo. Inclusive já propus a vários líderes de bancadas que é melhor sairmos daquele grupo”, disse o petista.

O vereador Manoel Badke – Maneco (DEM) posicionou-se com veemência contra a proposta. Ele disse que seus colegas estavam passando por cima da Comissão de Orçamento e Finanças (COF), a qual ele preside.

“Acho que estamos formando uma comissão desnecessária. Tanto é verdade que peço a todos os membros da COF que não participem, pois vamos fiscalizar toda a aplicação desse recurso”, argumentou o democrata.

Apenas Ovidio Mayer (PTB), que afirmou não ter um julgamento preciso sobre a necessidade da comissão, deu ouvidos a Maneco e votou contra. Ambos foram os únicos votos contrários. Marion Mortari (PSD), Celita da Silva (PT) e Cida Brizola (PP), também integrantes da COF, votaram a favor da comissão.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo