PolíticaSanta Maria

BASTIDORES. Convenções de PDT e PSDB, Cechin na capital, Podemos, veto ao projeto de lei das máscaras

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Divulgação), da Equipe do Site

Dois candidatos à Prefeitura de Santa Maria serão chancelados nesta quarta-feira (16), último dia de convenções municipais: Marcelo Bisogno (PDT) e Jorge Pozzobom (PSDB).

O PDT vai de sangue doce para a convenção que terá início às 14h, no Clube Atirador Esportivo. Após o PSB confirmar Fabiano Pereira como vice de Bisogno (AQUI), a Frente Trabalhista está fechada e com apoio de PV, PCdoB e Rede Sustentabilidade.

Já o PSDB realizará sua convenção na Avenida Dores, 903 (Hotel Dom Rafael), às 17h, apenas com membros do Diretório. A coligação já tem confirmado Rodrigo Decimo (PSL) como vice e apoio já declarado de PSL, DEM, PTB e Avante. Ainda nesta quarta (15), o Podemos anunciará sua chegada ao grupo (AQUI).

Sergio Cechin, em Porto Alegre, participou de reunião com o secretário estadual da Agricultura, Covatti Filho, na segunda-feira (14)

Cechin

O candidato a prefeito Sergio Cechin (PP) esteve em Porto Alegre, na segunda-feira (14), onde esteve reunido com o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho (PP). Na oportunidade, foram tratadas as consequências da estiagem que castigou Santa Maria ainda no início do ano e que repercutem até os dias atuais. Cechin pediu a Covatti para garantir que os agricultores do Município recebam todo o auxílio necessário do Estado.

Ele também se encontrou com o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), a quem pediu atenção especial ao Projeto de Lei 207/2020, que busca declarar Santa Maria a “Capital dos Eventos do Tradicionalismo Gaúcho”, protocolado pela deputada estadual Silvana Covatti (PP).

Máscaras

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de Vereadores aprovou parecer (AQUI) de João Ricardo Vargas (PP) pela rejeição do veto parcial (AQUI) do prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) ao projeto do Executivo sobre o uso obrigatório de máscaras de proteção facial durante a pandemia de covid-19.

O tucano vetou artigos oriundos de emendas dos vereadores que determinavam encaminhamento para a Delegacia de Polícia em caso de negativa do autuado em identificar-se e para o ato de lavrar um Termo Circunstanciado nas abordagens da fiscalização. Agora, o Plenário da Casa analisará se mantém ou derruba o veto.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo