Eleições 2020

ELEIÇÕES 2020. Segundo turno traz alterações no serviço de transporte coletivo e também no trânsito

Atenção ainda para restrição de fluxo de veículos em frente à Justiça Eleitoral

Em função de bloqueio em dois horários na Justiça Eleitoral, itinerário de uma linha vai mudar (Foto João Alves/Arquivo Prefeitura)

Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura / Por Diniana Rubin

Os serviços de trânsito, mobilidade e segurança do Município serão realizados, neste domingo (29), nos principais colégios eleitorais, conforme solicitação da Justiça Eleitoral, em função do segundo turno da eleição municipal. 

De acordo com a Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana, por solicitação da 135ª Zona Eleitoral, serão promovidas restrições no fluxo de veículos no entorno do Cartório Eleitoral, situado na Avenida Nossa Senhora Medianeira. Por isso, o bloqueio total, nos dois sentidos da via, será na Medianeira, entre as ruas do Acampamento e Dr. Turi, das 7h às 19h, podendo se estender por mais tempo, dependendo da demanda da Justiça Eleitoral. 

Em função deste bloqueio, os usuários do transporte coletivo devem estar atentos ao desvio das linhas de ônibus que trafegam no sentido do Centro ao Bairro Camobi. O trajeto no domingo será: Rua do Acampamento, Avenida Fernando Ferrari, Rua General Neto, Rua Padre Felisberto Azevedo, Avenida Fernando Ferrari, Rua General Neto e Avenida Nossa Senhora das Dores. As alterações e reforço das linhas de transporte público podem ser conferidas no site do Sistema Integrado Municipal, em simsm.com.br.

Ainda, no pleito deste domingo, a Coordenadoria de Trânsito estará com reforço no efetivo de servidores, com cinco viaturas e quatro motocicletas em atividade durante todo o dia para atender as ações de trânsito e apoio às demandas da Justiça Eleitoral. 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Acompanho a movimentação nos dias de eleições em frente à Justiça Eleitoral. Acho um exagero bloquear uma avenida importante, especialmente para o transporte coletivo. Pelo que vejo, não é necessário trancar a avenida. O que a Justiça Eleitoral faz é estacionar e deixar estacionados veículos em frente a sua sede. Ou seja, se tranca uma avenida para transformar em estacionamento.
    A prefeitura não deveria acatar pedido de bloqueio da avenida. A justiça eleitoral deveria procurar se instalar em local mais adequado, em avenidas maiores. Por exemplo, poderia se instalar na Avenida Hélvio Basso, quem sabe até junto à Policia Federal, que tem prédios lá, ou na Avenida João Luiz Possobom. Teriam bastante espaço para suas operações, e não precisariam bloquea-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo