Destaque

JORNALISMO. Superaudiência no site em outubro, com perto de 87 mil leitores diferentes auditados

Notas sobre whatsapp e fakes puxaram a fila das mais lidas do mês passado

Por Claudemir Pereira

Ao noticiar a estratosférica audiência do www.claudemirpereira.com.br no mês de setembro, o editor (sem saber a resposta) perguntava se seria “repetível” o número anunciado pelo insuspeito e neutro aferidor Google Analytics. Afinal, naquele mês, foram 87.658 leitores diferentes – com quase 175 mil visualizações.

Pois bem, se repetiu. Com frações a mais, aliás, o que garante mais um recorde histórico do site, que desde este 1º de novembro apresenta nova e moderna “cara”. Foram, em outubro, exatos 87.688 leitores diferentes. As visualizações totais, sim, se reduziram. Mas muito pouco. Foram às proximidades (veja na imagem acima) das 164 mil. Nada ruim, com certeza.

O que também não mudou, curiosamente, também foi o fato de a audiência total ter sido turbinada por notas publicadas há mais tempo. Além da que trata do whatsapp (AQUI), já citada mês passado, outra, igualmente pesquisada a partir de palavra-chave no Google, também se encarregou de elevar os números. No caso, uma publicada em 5 de maio passado: “Fato ou fake?! Pandemia não existe? A posse do General e Leite e o terno usado durante evento oficial” (AQUI)

Ao lado dessas duas notas, que responderam por quase um terço das visualizações, a superaudiência (mesmo sem elas, seriam recordes, nos dois meses), também o trabalho cotidiano da equipe do site (este editor, o repórter Maiquel Rosauro, os articulistas fixos e os inúmeros colaboradores/assessores de imprensa que enviam material, afora as agências de notícias e outros veículos), claro, tem responsabilidade pelo resultado.

Ah, como curiosidade, a nota mais lida, e editada no próprio outubro, foi publicada justamente no primeiro dia do mês: “LGTQiA+. Prefeito alega inconstitucionalidade e veta projeto que implanta programa Diversidade na Escola” (AQUI).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo