Destaque

PARTIDOS. Movimento Esquerda Socialista, corrente interna do PSOL, anuncia reorganização em SM

Novo grupamento interno pretende promover debates com filiados

Por Maiquel Rosauro

O Movimento Esquerda Socialista está se reorganizando em Santa Maria. Trata-se de uma corrente interna do PSOL, do qual fazem parte a deputada federal Fernanda Melchiona, a deputada estadual Luciana Genro, o ex-deputado Pedro Ruas e o vereador de Porto Alegre Roberto Robaina. Uma nota interna foi emitida aos filiados do partido.

Na sexta-feira (15), o Site havia noticiado a movimentação na sigla, que agora se oficializa com a adesão à corrente de Roberto Lisboa, Alidio da Luz, Marcius Minervini Fuchs e Zeca Moura.

“O momento atual exige que o partido seja um polo da oposição ao governo de Jorge Pozzobom e protagonista do enfrentamento ao governo protofascista de Jair Bolsonaro“, afirma Roberto Lisboa.

Lisboa é um dos fundadores da sigla na cidade. Ele coordenou campanha do PSOL para a Prefeitura de Santa Maria em 2008. À época, a então candidata Sandra Feltrin fez 10.360 votos ao Executivo.

Para Marcius Minervini Fuchs, ex-presidente da legenda na cidade e candidato a vice-prefeito em 2012, o resultado das urnas na eleição de novembro qualifica o PSOL para propor um projeto de sociedade alternativo para Santa Maria.

“O partido deve reafirmar seu papel, ser propositivo aos anseios dos trabalhadores e trabalhadoras, discutir a cidade e apresentar alternativas concretas para Santa Maria”, avalia Fuchs.

Para Alidio da Luz, que está de saída do PT, o momento demonstra a necessidade do fortalecimento de uma alternativa de esquerda.

“Na atual conjuntura precisamos de uma esquerda combativa, corajosa, que não teme dizer o seu nome e não vacile na luta contra o fascismo e o neoliberalismo”, reflete Alidio.

Já Zeca Moura foi filiado ao PT por 20 anos, participou do governo de Olívio Dutra, e é egresso dos quadros do PCB. Ele foi candidato a vice-prefeito na chapa PSTU/PCB, em 2012.

“O momento atual evidencia a necessidade de o PSOL forjar-se como uma ferramenta da luta popular e dialogar com os movimentos sociais do campo e da cidade”, relata Moura.

A expectativa é de que o novo agrupamento interno do PSOL/SM promova, ainda no primeiro trimestre de 2021, debates com filiados e simpatizantes, cursos de formação e contato com as organizações de esquerda da cidade para dialogar sobre a unidade do campo progressista em Santa Maria.

Quem é quem

Roberto Lisboa
Professor de História e da Rede Municipal de Santa Maria; coordenador do Núcleo Estudantil Victor Jara, ex-secretário de Juventude e ex-secretário geral do PSOL.

Marcius Minervini Fuchs
Professor de Educação Física e da Rede Estadual de Educação Básica do RS; vice-diretor da Escola Estadual de E.B. Profª Margarida Lopes de 2016 a 2019; treinador de handebol; Ex-presidente do PSOL-SM; coordenador da Executiva Nacional de Estudantes de Educação Física (ExNEEF) por três gestões (2008-2011).

Alidio da Luz
Estudante de Psicologia; Ex-Diretório Estadual, ex-secretário geral, ex-secretário de Movimentos Sociais e ex-vice-presidente do PSOL/SM.

Zeca Moura
Professor vinculado ao Departamento de Direito/CCSH/UFSM, e militante do Movimento Comunitário na cidade.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo