DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. Pozzobom segue na luta pela ESA, as audiências públicas e ato dos educadores estaduais

Prefeito apresentou os detalhes de projetos complementares para a escola

Por Maiquel Rosauro

Ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni e o prefeito municipal de Santa Maria, Jorge Pozzobom, em Brasília (Foto Divulgação)

A vinda da Escola de Sargentos das Armas (ESA) para Santa Maria esteve na pauta de uma reunião entre o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB), o deputado federal Luciano Zucco (PSL), o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni (DEM) e o ministro da Defesa Braga Netto, nesta quarta-feira (13), em Brasília. Foram apresentados detalhes dos projetos complementares solicitados pelo Exército para que a cidade receba a ESA.

“Além disso, pedi para que possamos apresentar na Reunião do Alto Comando do Exército, o nosso projeto. Estamos confiantes, com a certeza de que somos a cidade mais preparada para receber a ESA!”, postou Pozzobom nas redes sociais.

A próxima Reunião do Alto Comando do Exército ocorrerá entre os dias 18 e 21 de outubro, em Brasília. Santa Maria concorre contra outros dois municípios: Abreu e Lima, no Grande Recife/PE, e Ponta Grossa/PR.

Audiências públicas

A semana é mais curta, mesmo assim há duas audiências públicas na agenda santa-marienses. As pautas: Lei Orçamentária Anual (LOA) e o pedágio na RSC-287.

O primeiro encontro será realizado nesta quinta-feira (14), a partir das 14h, no Salão Nobre do Hotel Itaimbé. A reunião é promovida pela Prefeitura de Santa Maria e visa debater o projeto de lei da LOA 2022. A iniciativa possui vigência de um ano e serve para apontar como a Administração Municipal vai arrecadar e investir os recursos públicos.

Na sexta-feira (15), às 18h, a Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa PROMOVE audiência pública para discutir os impactos da instalação de uma praça de pedágio na RSC-287, na altura do Distrito de Palma, em Santa Maria. A iniciativa é do deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) e será realizada no Auditório Principal da Faculdade Antonio Meneghetti, no Distrito Recanto Maestro, em Restinga Sêca.

Paralisação

O CPERS/Sindicato está chamando os educadores do magistério estadual para uma paralisação na sexta (15). No mesmo dia, em Porto Alegre, haverá ato pela reposição salarial. A atividade iniciará às 9h30min, em frente ao IPE Saúde, seguida de caminhada, às 11h, até o Palácio Piratini.

Os educadores estaduais cobram reposição salarial de 47,82%. Há sete anos a categoria não recebe reajuste.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Indigesto esquece que é um mala. Alto Comando do Exercito, aumentou para 14 generais de 4 estrelas, não iria quebrar a isonomia e deixar só um dos três candidatos a escola apresentar ‘projeto’. Instalação da Escola tem um gerente de projeto que deve aprsentar relatório (se é que já não apresentou) e a definição irá ocorrer (se já não foi feito). Uma das reuniões do AC deve ser para definição da promoção de oficiais generais. Resumo: auto-promoção e como dizem os ianques ‘barking up the wrong tree’. Ao menos a cascata ‘se for em SM a escolha é tecnica, se for em outro lugar é poltica’ já foi elucidada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo