Artigos

Juntos Contra o Coronavírus: a vitória sobre a pandemia depende de nós – por Jorge Pozzobom

Na manhã do dia 4 de janeiro de 2021, uma segunda-feira, eu e o meu vice-prefeito recém-empossado Rodrigo Decimo realizamos o primeiro ato do nosso Governo. Uma medida importantíssima no enfrentamento à pandemia, mas que, acima de tudo, teve um grande simbolismo para nós. Ao reunir um grupo de servidores da Saúde, sob a coordenação do secretário Guilherme Ribas, nomeamos o Grupo Técnico de Vacinação para a Covid-19, que, imediatamente, já passou a atuar na organização do processo de imunização aqui, em Santa Maria.

Duas semanas depois, em 19 de janeiro, com o recebimento das primeiras doses da CoronaVac, demos início à vacinação, que começou, justamente, pelos profissionais de Saúde que atuam no nosso Centro de Referência Municipal da Covid-19, avançando, em seguida, para os hospitais e as demais Unidades de Saúde da cidade.

Um ano após o início da vacinação em Santa Maria, estamos atingindo a marca de 500 mil doses aplicadas. Um número realmente impressionante, e que nos leva a lembrar e a refletir sobre tudo que vivenciamos em 2021, com centenas de ações de imunização realizadas, graças ao trabalho abnegado, não apenas dos profissionais da Saúde, a quem eu costumo carinhosamente chamar de “Heróis de Branco”, mas, também, dos servidores da Prefeitura, de diversas áreas, e dos voluntários das Instituições de Ensino da nossa cidade.

E já começamos 2022 com mais desafios no enfrentamento à pandemia. Seguiremos ampliando as faixas etárias, aplicando a segunda dose e todas as doses de reforço necessárias. Sabem por quê? Porque a vacina é o único caminho! Principalmente diante de um cenário que ainda gera incertezas, com a variante Ômicron e uma nova onda de contágio avançando na Europa e nos Estados Unidos.

Tem uma frase, atribuída ao orador irlandês John Philpot Curran, que diz que “o preço da liberdade é a eterna vigilância”. E eu concordo muito com ela. Não podemos relaxar! No segundo semestre do ano passado, chegamos a ter mais de 12 mil pessoas com a segunda dose da vacina em atraso só em Santa Maria. Coincidência ou não, foi justamente nesse período que a pandemia apresentou os seus “melhores números”, quando conseguimos reduzir o número de internados, reduzir o número de óbitos causados pela COVID-19 e, assim, reduzir o número de leitos nas redes de Saúde pública e particular. Porém, isso não era um sinal verde para baixarmos a guarda. Pelo contrário.

Precisávamos (e ainda precisamos) nos manter atentos e vigilantes. Temos que continuar nos cuidando, usando máscara, reforçando os hábitos de higiene e seguindo à risca o cronograma de vacinação, conforme orientação das autoridades e órgãos competentes. Não podemos retroceder! Sobretudo, na Saúde, é claro, mas, também na Educação, na Economia… Em todas as áreas. Pois um novo agravamento da pandemia afetará a todos nós. E a única forma de evitar que isso ocorra é lutando juntos contra o Coronavírus. Todos nós cuidando de todos nós.

*Jorge Pozzobom é o Prefeito Municipal de Santa Maria. Sua trajetória como agente político começou com dois mandatos de vereador, tendo depois se alçado, pelo voto popular, à Assembleia Legislativa. Em meio ao segundo período, em 2016, foi eleito para conduzir o Executivo santa-mariense. Em novembro de 2020 foi reeleito para um novo mandato. Ele escreve no site às terças-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Bom dia, qual o motivo de terem parado com a vacinação em drive thru. A quantidade de pessoas que farão a dose de reforço é a mesma que fez a 1 e 2 dose da vacina. Se estava funcionando qual a explicação para o calendário atual, onde muda o dia e horário e local da vacinação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo