DestaqueSanta Maria

TRÂNSITO. 7.633 infrações foram registradas, em dezembro, pelos controladores de tráfego

Avenida João Luiz Pozzobon é a via com mais infrações registradas

“Encerramos o ano de 2021 com um declínio nos números gerais de infrações”, afirma o secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi. Foto João Vilnei / Prefeitura

Por Diniana Rubin / Prefeitura de Santa Maria

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, divulga os registros dos controladores de tráfego e das autuações presenciais efetuadas pelos agentes de trânsito em dezembro de 2021. No último mês do ano, o sexto mês cheio em que os equipamentos estão instalados em nove pontos do Município (lista completa abaixo), pois o registro das infrações tiveram início em 21 de junho, os números apontam que foram flagradas 7.633 infrações de trânsito. Em comparação com os 7.118 registros de novembro, houve acréscimo de 7,23% nas infrações aplicadas pelos controladores, isto é, 515 autuações a mais do que no mês anterior. 

O secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi, avalia que, mesmo com o acréscimo no número de autuações registradas pelos controladores em dezembro, a estimativa como um todo segue dentro do esperado.

“Encerramos o ano de 2021 com um declínio nos números gerais de infrações, caminhando para a adequação do modo de conduzir, a mudança do comportamento e da cultura protetiva para uma cidade com o trânsito mais seguro, com condutores e pedestres que respeitam e valorizam a vida”, pontua o secretário Ponsi.

Pelo quarto mês consecutivo de 2021, a Avenida João Luiz Pozzobon é a via com mais infrações registradas. No local, a permissão para trafegar é de 50 km/h conforme placas indicativas. Das cerca de 2,9 mil infrações registradas na avenida em dezembro, mais de 2,5 mil foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido. Os motoristas flagrados pelos equipamentos de controle de tráfego excedendo o limite de velocidade da via, passando no sinal vermelho do semáforo ou parando sobre a faixa de pedestre nesses locais recebem a notificação emitida pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran RS). 

Os controladores de tráfego fazem parte de mais uma etapa do cercamento eletrônico, sendo a concretização de um projeto moderno e inovador de segurança proposto pelo Executivo Municipal, que contempla também o videomonitoramento de pontos estratégicos de Santa Maria por mais de 800 câmeras com alta tecnologia. A central funciona junto ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

Infrações por locais no mês de dezembro:

Avenida João Luiz Pozzobon (50 km/h)
– 2.987 infrações (dessas, 2.501 foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido – Art. 218 I)

Avenida Walter Jobim (50 km/h)
– 968 infrações (dessas, 818 foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido – Art. 218 I)

Avenida Hélvio Basso (50 km/h)
– 916 infrações (dessas, 788 foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido – Art. 218 I)

Avenida Medianeira com Rua Barão do Triunfo (50 km/h)
– 766 infrações (destas, 553 foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido – Art. 218 I)

Avenida Dores com a Avenida Medianeira (50 km/h)
– 600 infrações (dessas, 302 foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido – Art. 218 I)

Avenida Medianeira com Rua Duque de Caxias (50 km/h)
– 492 infrações (dessas, 325 foram por excesso de velocidade em até 20% além do limite permitido – Art. 218 I)

Avenida Presidente Vargas com a Avenida Borges de Medeiros (50 km/h)
– 487 infrações (dessas, 306 foram por passagem no sinal fechado do semáforo – Art. 208)

Rua do Acampamento com Avenida Medianeira (40 km/h)
– 239 infrações (dessas, 129 foram por parar sobre a faixa de pedestres – Art. 183)

Avenida Rio Branco com Rua Vale Machado (50 Km/h)
– 178 infrações (dessas, 155 foram por passar no sinal fechado do semáforo – Art. 208)

Autuações por agentes de trânsito e na Zona Azul

Em dezembro, foram constatadas outras 2.363 autuações no trânsito de Santa Maria. Dessas, 1.998 foram registradas por agentes da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana (CTMU) e 365 pelos fiscais da Zona Azul. Pelo terceiro mês consecutivo, a Rua Venâncio Aires foi a via com registro do maior número de infrações, sendo 520. A irregularidade mais incidente foi condutor ou passageiro sem usar o cinto de segurança, com 1.192 infrações. Na sequência de registros, consta o de estacionar em desacordo com a sinalização, com 577 infrações, e Proibido Estacionar/ Proibido Parar e Estacionar, com 520 infrações (confira a lista completa abaixo).

Autuações registradas por agentes da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana (CTMU) e por fiscais da Zona Azul nas seguintes vias mais incidentes:
– Rua Venâncio Aires – 520 autuações
– Rua do Acampamento – 369
– Rua Serafim Valandro – 285
– Avenida Medianeira – 275
– Avenida Rio Branco – 225
– Avenida Borges de Medeiros – 179
– Rua Tuiuti – 141
– Avenida Hélvio Basso – 127
– Avenida Presidente Vargas – 109
– Avenida Dores – 84

Irregularidades/infrações mais incidentes:
– Condutor ou passageiro sem usar o cinto de segurança (Art. 167) – 1.192 infrações
– Estacionar em desacordo com a sinalização (Art. 181 XVII) – 577 
– Proibido Estacionar/Proibido Parar e Estacionar (Art. 181 XVIII – XIX) – 520 
– Conduzir veículo que não esteja registrado ou devidamente licenciado (Art. 230 V) – 244 
– Dirigir veículo segurando ou manuseando o telefone celular (Art. 252 único) – 226 
– Avançar o sinal vermelho do semáforo ou a parada obrigatória (Art. 208) – 148
– Proibido converter a esquerda ou a direita (Art. 207) – 92 
– Estacionar em passeio público (Art. 181 VIII) – 68
– Dirigir sem calçado firme nos pés (Art. 252 IV) – 55
– Estacionar onde houver guia rebaixada – entrada e saída de veículos (Art. 181 IX) – 39

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo