DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Com roteiros pela Metade Sul, Jobim, do Novo, dá largada na pré-candidatura ao Piratini

Agenda do pré-candidato teve compromissos em Cachoeira do Sul e Bagé

Em Bagé, além de conversa com empresários, Jobim teve compromissos com a imprensa local (foto Marcelo Martins/Divulgação)

Por Marcelo Martins / Da Assessoria de Imprensa do Partido Novo

O pré-candidato ao governo do Estado Ricardo Jobim deu início, nos dias 25 e 26 de maio, aos compromissos de pré-campanha. O roteiro contemplou, neste momento, dois municípios expressivos da Metade Sul do Rio Grande do Sul: Bagé e Cachoeira do Sul. No primeiro, conhecido como “Rainha da Fronteira”, Jobim conversou com representantes de setores produtivos de Bagé que busca, desde a década passada, recuperar o período de grande estagnação econômica que já se arrasta desde o século passado.

“Há em Bagé, uma notória vocação termelétrica e também éolica. As vocações regionais precisam ser conhecidas, entendidas e potencializadas”, pontuou Jobim em visita à Associação Comercial Industrial de Bagé (Aciba).

Além de compromissos com a imprensa local, Ricardo Jobim esteve no casarão histórico secular que abriga, desde a década de 60, o Museu Dom Diogo de Souza.

Lá, ele, que estava acompanhado do deputado estadual Fábio Ostermann (pré-candidato à Câmara Federal), pode conferir de perto o acervo que conta com imagens sacras e objetos da Revolução Farroupilha, entre tantos outros artefatos da história gaúcha.

Já em Cachoeira do Sul, Ricardo Jobim reforçou a necessidade de o chamado Pampa Gaúcho ser novamente expressivo e reverter o que, ao longo dos últimos anos, tem sido uma triste tendência no Rio Grande do Sul: a crescente evasão populacional.

Ao falar com o empresariado local e com integrantes de setores produtivos, prevaleceu a mesma queixa: a asfixiante carga tributária que recai sobre empregadores e contribuintes.

 “O Rio Grande do Sul pode ser expressivo e um lugar próspero. Há muito a ser feito e reparado. Nós, ao contrário dos profissionais da política, pensamos e somos diferentes: não pensamos apenas nos próximos quatro anos, nós miramos as próximas décadas e, principalmente, o que elas irão reservar às próximas gerações”.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo