DestaqueSaúde

SAÚDE. Abrem dia 11 atendimentos no serviço de traumatologia do Hospital Regional de Santa Maria

Estado, Prefeitura e Instituto de Cardiologia oficializam o inicio dos trabalhos

Documento que oficializa início dos atendimentos foi assinado na tarde desta quinta-feira, no hospital (Foto João Alves/Prefeitura)

Por Rodrigo Ricordi / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

O Governo do Estado, a Prefeitura de Santa Maria e o Instituto de Cardiologia – Fundação Universitária de Cardiologia anunciaram, oficialmente, no início da tarde desta quinta-feira (5), o início dos atendimentos em traumato-ortopedia no Hospital Regional de Santa Maria. Na ocasião, em solenidade na sede da própria instituição, no Bairro Pinheiro Machado, foi inaugurada a ala que vai atender os pacientes dos 33 municípios da região que podem encaminhar pacientes para a instituição. O novo serviço tem capacidade para atender 280 consultas e realizar até 40 cirurgias de média complexidade por mês. Os atendimentos começam no dia 11 de maio.

“O Hospital Regional nos orgulha muito. É um local que coloca a vida das pessoas em primeiro lugar. Foi muito importante durante a pandemia, atendendo e salvando vidas não só de santa-marienses, mas de outros municípios e Estados do Brasil. Agora com a traumato-ortopedia, vai dar vazão a um enorme número de pessoas que precisam de cuidados e estão aguardando ansiosas. Agradeço muito o empenho da secretária Arita Bergmann e do Governo do Estado, que são incansáveis na luta por termos esse hospital funcionando com o máximo de especialidades, cuidando das pessoas que mais precisam”, disse o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, em pronunciamento após acompanhar a assinatura do termo aditivo ao contrato entre o Governo do Estado e a Fundação Universitária de Cardiologia para a execução desse serviço médico hospitalar no Hospital Regional.

A diretora do Departamento de Gestão e Atenção Especializada da Secretaria Estadual de Saúde, Lisiane Fagundes, apresentou a situação da demanda por atendimentos em traumato-ortopedia na região. “Tínhamos uma expectativa muito grande pelo início desses atendimentos. Há uma fila de 11 mil pessoas esperando atendimento nessas especialidades”, afirmou.

O Diretor Técnico do Hospital Regional, Vinícius Menegola, destacou a importância da gestão do hospital e da Secretaria de Saúde do Estado na construção de um trabalho que proporciona, agora, esses atendimentos, que darão vazão a uma demanda muito grande de pacientes na Região Central do Estado. 
Para o diretor-presidente do Instituto de Cardiologia – Fundação Universitária de Cardiologia, Marne de Freitas Gomes, o Regional é um orgulho. Ele elogiou o trabalho realizado pela equipe do hospital e ressaltou a humanidade exercida pelos profissionais que ali trabalham.

“Temos aqui um exemplo de trabalho em saúde. Cada vez mais, estamos conseguindo alcançar mais pessoas, mais pacientes. Eu observo aqui o gosto que os médicos e os funcionários têm com a relação com os pacientes, o cuidado com as instalações, a recepção de pacientes. E, agora, vamos passar a receber mais gente que precisa de nossa ajuda”, declarou Gomes.

Em sua fala, a secretária de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, celebrou mais um passo dado no Hospital Regional, fruto de muito empenho de sua equipe. Ela destacou as reuniões semanais com todos os envolvidos com a instituição para dar andamento aos trabalhos e também informou que há previsão para o início dos atendimentos de neurologia no início de junho.

“Estive aqui neste hospital em diversos momentos desde o início da história toda. E, cada vez que venho, fico mais feliz em ver o trabalho sendo desenvolvido. É com o esforço de muitas pessoas que podemos agora atender muita gente nesta especialidade, além das que já estão em funcionamento. Tenho absoluta certeza de que tudo que foi dito aqui nesta cerimônia é também para as pessoas que trabalharam para esse momento acontecer. A saúde é prioridade do governo. Sabemos que ainda falta muito, mas estamos no caminho. Em 2022, o Hospital Regional vai receber R$ 9 milhões em investimentos pelo programa Avançar na Saúde”, disse a secretária ao agradecer pelos discursos durante a cerimônia. 
Após a fala da secretária Arita, ela percorreu os corredores do hospital e conversou com pacientes que aguardavam atendimento. 

Também se pronunciaram durante o ato, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Valdeci Oliveira (PT) (confira texto mais abaixo), o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Valdir Oliveira (PT), e o presidente da AMCentro e prefeito de São João do Polêsine, Matione Sonego
Após a cerimônia, a secretária Arita Bergmann e o diretor técnico do hospital, Vinícius Menegola, foram até a ala de atendimento em traumato-ortopedia e descerraram a fita simbólica, oficializando a abertura dos trabalhos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

LEIA TAMBÉM: Presidente da Assembleia destaca “mais uma etapa vencida” no Hospital Regional

Valdeci (E) com Valdir Oliveira (D), presidente da Câmara de Vereadores

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Valdeci Oliveira, participou, nesta quinta-feira (5), do ato de inauguração do serviço de traumato-ortopedia do Hospital Regional de Santa Maria. Atuante há muito tempo na luta pela abertura integral dos leitos e estruturas do complexo de saúde santa-mariense, Valdeci enfatizou a importância dos atendimentos que começarão a ser realizados no Regional.

“É mais uma etapa que vencemos rumo ao funcionamento total do Hospital Regional 100% pelo SUS. Logo adiante, esperamos contar também aqui como os serviços de cardiologia e neurologia. A dedicação e o esforço de muita gente estão dando resultado. Tenho orgulho de fazer parte desse movimento desde muito tempo e de realizar uma cobrança permanente sobre esse tema na Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa. Quem ganha com isso é o povo, é a região”, destacou.

Para o presidente do Parlamento gaúcho, a inauguração realizada hoje (quinta) representará um salto de qualidade na saúde da Região Central do Estado. “ Os novos serviços atenderão 33 municípios da região, e é bom lembrar que, dentro dessa região, há mais de 10 mil pessoas esperando cirurgia (na traumato-ortopedia) “, complementou. (Por Marcelo Antunes, com foto de Christiano Ercolani)

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo