PLANO B. Enrosco de Palocci no Supremo pode terminar quinta. Tem muito petista se assanhando

PLANO B. Enrosco de Palocci no Supremo pode terminar quinta. Tem muito petista se assanhando - Antonio-Palocci

Se denúncia for recusada, há quem aposte nele. E não só no PT

O principal julgamento da semana, no Supremo Tribunal Federal; pelo menos o que mais mobiliza a classe política, é o que tem como réu o deputado federal e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. Há quem diga que, se for recusada a denúncia de quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo (lembra?), pode estar surgindo o “plano B” de Lula, na inviabilidade da candidatura de Dilma Rousseff.

Para saber mais sobre a agenda da semana nas altas cortes de Justiça, que tem também um enrosco com o “deputado do castelo” (já esqueceu?), acompanhe reportagem da revista especializada Consultor Jurídico. A foto é de Fabio Rodrigues Pozzebom, da Agência Brasil. A seguir:

O que está na pauta do Judiciário nesta semana

O xadrez político das candidaturas de 2010 está nesta semana nas mãos dos ministros do Supremo Tribunal Federal. O Supremo decidirá se aceita a denúncia contra o deputado Antonio Palocci (PT-SP), ex-ministro da Fazenda. Palocci é acusado de participação na quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa. O episódio resultou na queda de Palocci à frente do ministério. Caso seja inocentado, Palocci é cotado para ser o candidato do PT e o preferido do presidente Lula na disputa pelo governo de São Paulo.

Com a candidatura de Palocci em São Paulo, o deputado Ciro Gomes (PSB-CE), que flerta pelo mesmo cargo, pode ganhar alento para se lançar candidato à presidência. Por fim, ex-ministro da Fazenda passa a ser o plano B da candidatura petista para o Palácio do Planalto. Tudo isso coloca, mais uma vez, o Supremo no epicentro do cenário político brasileiro. Não por acaso, o presidente do STF ministro Gilmar Mendes deixará de lado a tradição e vai proferir o voto como relator. Na mesma quinta-feira (27/8), o Supremo analisará o inquérito contra o deputado Edmar Moreira (PR-MG), conhecido por ter um vistoso castelo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e publicadas pela revista especializada Consultor Jurídico.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *