CrônicaCultura

FUMO? NADA DISSO. Daiani Ferrari vai a Santa Cruz do Sul, a “terra do sorvete”

“….No livro, Giulio, amigo de Liz, autora que na ocasião morava em Roma, dizia que para realmente fazer parte de um lugar era preciso saber qual a palavra deste lugar, que no caso de Roma era sexo. Que só assim as pessoas são capazes de sentir-se parte integrante do local. Liz pensava não fazer parte de Roma, pois julgava que a palavra de ordem na capital italiana era algo identificando glamour, riqueza, exuberância ou algo afim, mas nunca sexo, até por que os atos libidinosos passavam longe do momento vivido por ela.

Pensei nisso no momento da primeira prova do sorvete. Qual seria a palavra de Santa Cruz? Oktoberfest, alemães, Enart, hospitalidade, sexo, chucrute, fumo? O que seria? Quem sabe sorvete? Eu optei por pensar que fosse sorvete. No caso de ser esta a palavra, já posso me sentir parte integrante dela e ter o direito de voltar…”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra da crônica “Será que a palavra é sorvete?,  escrita pela jornalista Daiani Ferrari, colaboradora semanal deste sítio, às sextas-feiras. O texto foi postado agora há pouquinho, na seção “Artigos”. Boa leitura!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo