Claudemir PereiraJornalismo

MUITO OBRIGADO! “Novo” sítio alcança incríveis 284 mil hits no primeiro mês “cheio”

Este sítio mudou de cara e ampliou seu conteúdo no dia 24 de agosto. Pela novidade, e as óbvias distorções que essa circunstância proporcional, preferi não divulgar os números da audiência daquele mês. Só nos primeiros sete dias, afinal de contas, foram mais de 130 mil. Fiquei muito faceiro, mas quieto.

Agora, em setembro, não. Já estamos em “velocidade cruzeiro” e é possível informar o quanto estou agradecido aos internautas, que, indiscutivelmente, aumentaram. Em número e em acessos individuais. São, conforme o “contador” disponibilizado pela “Locaweb”, o servidor onde a página está alojada, nada menos que 284.092 hits (ou cliques) no www.claudemirpereira.com.br (em qualquer de suas notas ou arquivos) durante os 30 dias do mês passado. Isso significa uma média diária de 9.470, em números redondos. Se, como é científico, colocar-se o sábado e o domingo como um único dia (é a média apontada) tem-se uma extraordinária quandidade de 11 mil hits/dia.

Só posso, cá entre nós, ficar feliz. Ainda mais que a meta, quando a parceria com a Inox Idéias permitiu a mudança do visual e o acréscimo de conteúdo, era dobrar a média anterior, passando a 200 mil hits. Mas não necessariamente no primeiro mês.

Muito provavelmente, esta notícia garantiu o recorde do 24 de setembro
Muito provavelmente, esta notícia garantiu o recorde do 24 de setembro

Por que isso aconteceu, me perguntaram alguns ontem, a quem dei a informação extraoficialmente? Por três razões fundamentais, é possível afirmar com alguma tranqüilidade. Uma delas é, claro, a modernização visual – que facilita a vida do internauta. A segunda é a ampliação do conteúdo, inclusive agregando mais colaboradores. Carine Prevedello, Carlos Dominguez, Máucio e Rogério Koff se juntaram aos habituais Gilson Piber, Bruno Lima Rocha e Daiani Ferrari e aos retornados Luciano Ribas e Ricardo Jobim. Além, não é prudente esquecer (ela é muuuito braba) da Frida Zenkalo, que assina às sextas-feiras a coluna Barraco da Alemoa. Isso ajudou bastante, oferecendo análises e opiniões diferenciadas e de qualidade.

E uma terceira razão, talvez a mais significativa e que permitiu, objetivamente, ampliar os acessos, foi a interatividade. Você, leitor, pode colocar seu pitaco, comentando qualquer nota ou artigo. E, embora com a minha mediação direta, já contabilizamos, nesse momento, nada menos que 520 comentários (mais de uma dúzia por dia, em média). E, a bem da verdade, só três foram vetados liminarmente, por conterem palavrões. Outros, que não chegaram a meia dúzia, foram modificados pelos comentaristas, após negociação com este repórter, para evitar processos judiciais desnecessários.

Agora, vem o problema: como manter a audiência dentro da meta? A resposta é óbvia: continuar trabalhando, apenas com poucos apoios (o do Banrisul e da Fonte da Ilha, para exemplificar), mantendo informação e opiniões independentes (nada de imparcialidade, por favor). E, claro, trazendo notícias exclusivas – como aconteceu várias vezes neste mês que passou.

OS RECORDES: com essa retomada do sítio verificaram-se dois fatos dignos de registro. Um é a publicação das notas mais acessadas da história de quatro anos e meio desse sítio (sobre isso você lerá na próxima nota, mais acima). Outra foram os dias mais acessados nesse mesmo período. Mais exatamente em 25 de setembro (14.981 hits) e, incrível, 24 do mesmo mês, com quase inacreditáveis 16.176 hits. Que coisa!

O mais interessante, ou curioso, é que aquele 24 foi um dia de notas de interesse homogêneo – nenhuma das então publicadas estão entre as mais lidas. Aliás, a mais acessada naquele dia, por curiosidade, foi uma exclusiva, e que você pode conferir – AQUI: ”PEC É PROMULGADA. Saiba quem são os sete novos vereadores de Santa Maria

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo