ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. “A Fatec e a paráfrase: a Rogério o que é de Rogério”

A Cezar o que é de Cezar. Ou, no caso, a Rogério Koff (e seus colegas) o que é de Rogério Koff. Reconduzido para um mandato de mais dois anos à frente da Fatec, enrolada até o último bit de seus computadores, depois da Operação Rodin, a fundação coligada à UFSM ainda enfrenta muitos problemas. Mas, ao menos viu devolvida um pouco de sua credibilidade. O que, mais de não ser pouco, é fundamental.

Em tempo: Koff, segundo uma fonte muito bem situada na hierarquia, não deverá concluir o seu mandato. Em alguns meses deverá ser substituído (a pedido e em perfeita consonância com o futuro reitor da UFSM e do próprio conselho da fundação) pelo futuro diretor do Centro de Ciências Rurais, Thomé Lovatto. A conferir.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo