RÁDIO. Liminar individual faz com que Imembuí mantenha programa das 7 da noite

Acabo de falar com Alcides Zappe, diretor da Rádio Imembuí. Ele me informa que a emissora manterá, pelo menos por enquanto, o programa “Ponto Final”, que é transmitido diariamente às 7 da noite – mesmo horário d’A Voz do Brasil. A emissora (e também a rádio Nativa, do mesmo grupo) sustenta sua decisão em liminar diversa daquela sustada pelo Supremo Tribunal Federal na sexta-feira, e que havia sido obtida, há alguns anos, pela Associação Gaúcha de Rádio e Televisão.

Em resumo: a decisão tomada pelo STF, no entendimento da Imembuí, cassa apenas a liminar da AGERT e não a dela e da Nativa FM. Que, portanto, mantêm suas programações até posição diferente do Judiciário.

AS OUTRAS: a radio Santamariense, segundo ouvi agora há pouco de seu dirigente, Alexandre de Grandi, pretende pegar uma carona nessa decisão que beneficia a Imembuí e, em princípio, também colocará no ar o programa Jornal das Sete – ancorado pelo próprio Alexandre. E a rádio Antena 1, que tem, no mesmo horário, o programa de debates Jogo de Cintura, estuda uma recolocação da atração na grade da emissora. O que deve ser definido ainda hoje.

PARA ENTENDER: a raiz de todas essas mudanças (ou não) é uma decisão anunciada sexta-feira, pelo STF, que obriga as emissoras de todo o País a colocar no ar o programa A Voz do Brasil às 7 da noite, e não em horários alternativos. Isso acontecia em praticamente todas as emissoras do Rio Grande do Sul, beneficiárias de ações judiciais impetradas há já um punhado de tempo. A medida vale desde ontem.



0 comentários

  1. Jorge Vanderley Pedroso da Silva

    Parabéns pela liminar. Iria retorna ao horario antigo a VOZ DO BRASIL,pois todo mundo sabe que nao tem audiencia. Ninguem tem paciencia de escuta mentiras as 19 hs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *